Iveco Daily com motor FPT passa de 500 mil km com muita saúde

por Blog do Caminhoneiro

Sucesso de vendas da Iveco, o modelo Daily se garante em operações urbanas e viagens curtas graças ao valente motor F1C, produzido pela FPT Industrial. Recentemente, uma Daily 35S14 fabricada em 2014 chegou a marca de 500 mil quilômetros rodados, sem nenhuma manutenção corretiva no propulsor.

Cuidando corretamente da manutenção do veículo, o proprietário, Filipe Rodrigues, conta que roda uma média de cinco mil quilômetros por mês, em trajetos rodoviários entre o aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, e outros hubs do Brasil, como Confins e Brasília. Em sua rotina, o autônomo avalia como ‘incrível’ a durabilidade do motor FPT que, segundo ele apresenta ‘muita saúde’. Desde que se tornou o segundo proprietário da Daily, Filipe ainda não necessitou substituir nenhum componente relevante.

“Pensa em um motor inacreditável. Até agora só trocas básicas. Antes de trabalhar com transporte, era mecânico e acho incrível a durabilidade das peças desse motor”, aponta ele.

Entre os componentes mais elogiados por Filipe no motor FPT F1C, Filipe estão o conjunto anel, camisa e pistão. Dirigindo o utilitário de forma moderada, o consumo médio é outro ponto que o agrada no histórico de uso do veículo.

“Nem mesmo eu acredito quando ligo esse carro frio e não sai uma fumaça. Um carro de uso pesado assim, acho que deveria mostrar seu cansaço”, pondera.

Com um desempenho acima da média, o cliente já pensa, em um futuro próximo, trocar a Daily atual por um modelo zero quilômetro, equipado com o recém lançado motor F1C MAX Euro VI, que entrega mais força, tecnologia e economia, com um intervalo de revisões ampliado. A tecnologia de pós-tratamento com Turbocompressor de Geometria Variável (VGT) e mais economia, reduzindo em até 6% o consumo de combustível, despertou a atenção dele.

“Achei muito interessante o uso do Arla 32 e a autonomia. No futuro pretendo ter outra IVECO. Nem cogito outro modelo. Me conquistou na confiança”, afirma Filipe.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!