18 milhões de abelhas viajam em caminhão para trabalhar na polinização de amendoeiras na Califórnia

por Blog do Caminhoneiro

Um caminhoneiro norte-americano aceitou um frete muito diferente há poucos dias, na região de Palm Beach Gardens. Ele irá transportar cerca de 18 milhões de abelhas, em uma longa viagem entre a Flórida e a Califórnia. As 600 colmeias serão usadas para o trabalho de polinização no cultivo de amêndoas.

Esse tipo de transporte é bastante comum no final de janeiro e início de fevereiro nos Estados Unidos. O aluguel das caixas de abelhas custa cerca de US$ 200 por colmeia, e os apicultores precisam trabalhar por até duas semanas para conseguir preparar as abelhas para a viagem.

Os caminhões usados no transporte também precisam estar impecavelmente limpos, sem nenhum material contaminante, já que as abelhas são bastante sensíveis.

Após a viagem, que deve ter uns 4.500 km, ainda há uma inspeção na fronteira com a Califórnia. Se houver outros insetos além das abelhas, como formigas, a carga não é aceita, e precisa retornar para a origem.

Central Valley, na Califórnia, é um dos maiores produtores mundiais de amêndoas do mundo, mas a produção começou a cair pela falta de abelhas para polinização. Inseticidas, defensivos agrícolas e destruição dos locais onde elas encontravam flores levou à drástica redução do número de colmeias no estado, que agora precisa “emprestar” abelhas para o trabalho nos cultivos.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!