No ano passado, um a cada quatro caminhões foi comprado por meio do consórcio

por Blog do Caminhoneiro

A Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios publicou um levantamento que mostra que a venda de cotas de consórcio de caminhões cresceu 67,9% no ano passado, totalizando 182,6 mil novas cotas e mais de 462 mil participantes ativos do sistema.

Segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram vendidas 128.826 mil unidades de caminhões. Dessas, 26,2% correspondem às compras viabilizadas por meio das 33,7 mil contemplações dos consórcios no ano passado, ou seja, um a cada quatro caminhões novos comercializados foi adquirido por meio do consórcio.

Ainda conforme a associação, a expectativa para 2022 é de um cenário econômico ainda mais positivo, sobretudo por causa da previsão de safra recorde de grãos. Se isso ocorrer, haverá reflexos na procura por novas cotas de consórcio para caminhões.

“O consórcio é conhecido como um meio de compra mais voltado a quem não precisa do caminhão imediatamente, ideal para as pessoas que podem fazer um planejamento de médio e longo prazos, mas também é muito vantajoso para quem já se planejou com uma entrada, pois ela pode ser oferecida como lance que, se contemplado, vai adiantar a compra do bem. Também é a única modalidade de crédito em que não há cobrança de juros. Outra vantagem é que a carta de crédito proporciona um bom poder de barganha ao consorciado, isso porque ele poderá comprar o veículo à vista e negociar um bom desconto com o vendedor”, explica Lorelay Lopes, head de Negócios do UP Consórcios, fintech da Embracon.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!