Mercedes-Benz espera vender 350 Axor 3131 com direção autônoma até o final do ano

por Blog do Caminhoneiro

A Mercedes-Benz e a Grunner trabalham juntas no desenvolvimento do Axor 3131 com direção autônoma desde 2019. Neste ano, foram vendidos 139 caminhões equipados com a tecnologia, devendo chegar a 350 comercializados até o final de 2022. No ano passado, foram vendidos 237 caminhões do modelo.

“Em 2019, primeiro ano de comercialização do Axor 3131 com direção autônoma, entregamos 17 unidades para a Grunner. Em 2020, foram mais 36, saltando para 237 unidades em 2021. Agora, nos primeiros três meses de 2022, chegamos a 139. Ou seja, já são 429 unidades do Axor 3131 entregues para Grunner e, desse total, 377 já em operação na colheita da cana no Brasil e em outras atividades. Atuando juntamente com as colhedoras de cana, o Axor 3131 agiliza a operação e aumenta a produtividade no abastecimento das usinas de açúcar e etanol”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Se o total de 350 unidades for atingido em 2022, o Actros 3131 Autônomo vai chegar a marca de 580 unidades vendidas desde 2019.

“Em comparação com os tratores, o uso do Axor 3131 com direção autônoma na colheita de cana assegura 40% de redução no consumo de combustível, 40% a menos no consumo de lubrificantes e 30% a menos no custo de reparo e manutenção. Além disso, Axor 3131 tem uma velocidade de deslocamento 50% maior, além de maior velocidade média de operação, menor tempo e maior agilidade nas manobras, mais conforto para o motorista, mais eficiência em estradas irregulares, com maior estabilidade e menor impacto ambiental pelo menor consumo de combustível”, ressalta Denis Arroyo, CEO da Grunner.

24 horas por dia

Oferecido nas versões 8×4 e 6×4, com várias capacidades de carga, o extrapesado Axor 3131 é o primeiro Mercedes-Benz com direção autônoma a ser utilizado numa operação diária regular no Brasil. Lançado há pouco mais de três anos, esse modelo fora de estrada opera 24 horas por dia na colheita da cana-de-açúcar.

O Axor 3131 com direção autônoma para transbordo de cana tem uma das maiores capacidades de carga líquida do mercado brasileiro, chegando até 20 toneladas de cana picada.

Esse inovador Axor 3131 também se destaca pela tecnologia e conectividade. A direção autônoma é controlada por um sistema que inclui piloto automático, GPS e georreferenciamento, sendo utilizada exclusivamente nos trechos mapeados da fazenda onde acontece a colheita.

O Axor 3131 atua com extrema precisão de direção, lado a lado com as colhedoras de cana, também de condução autônoma, que fazem a colheita e o corte, lançando a cana picada diretamente na carroçaria. A velocidade média dos veículos gira em torno de 2 km/h na área da colheita.

Quando termina o carregamento, o motorista assume o controle do Axor para fazer o transbordo aos treminhões dentro da fazenda, ou seja, o descarregamento da carga nas carretas de maior capacidade, que completam o ciclo de transporte levando a cana para as usinas de açúcar e etanol. A utilização do Axor 3131, em substituição a tratores, agiliza o processo de transbordo dentro das fazendas, trazendo mais produtividade, menos consumo de combustível e menor custo operacional.

Essa máquina inteligente autônoma da Mercedes-Benz do Brasil e Grunner se destaca ainda pela combinação perfeita de resistência, baixo custo operacional e conforto para o operador, que monitora, a todo momento, a operação de dentro da cabina e assume o comando após o carregamento, a fim de realizar o transbordo.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!