Caminhão elétrico inédito no Brasil entra em operação na Neoenergia

A Neoenergia desenvolveu um caminhão elétrico inédito, equipado com um sistema de cesto aéreo de acionamento também elétrico para uso nas atividades de serviços da distribuição de energia elétrica. O caminhão é o primeiro do tipo no país, por ser equipado com um sistema que permite que seja carregado diretamente na rede elétrica em que está fazendo uma operação, ampliando a autonomia e dispensando que fique parado na base operacional para recarga.

O veículo também é equipado com um sistema de telemetria, que oferece acompanhamento das informações sobre bateria e roteirização das atividades desempenhadas pelos Centros de Operações Integradas (COI) das distribuidoras. De forma automatizada e em tempo real, é possível calcular a necessidade de recarga e os pontos disponíveis ao longo do trajeto para realizá-la.

“Esse projeto de P&D faz parte de uma estratégia de investimento para desenvolver a mobilidade elétrica no Brasil em diversos âmbitos. Com o nosso caminhão elétrico, conseguimos, além de contribuir para a criação de um novo produto nacional, inovar no gerenciamento da recarga e alcançar um sistema seguro e eficiente para recargas na própria rede”, afirma o gerente corporativo de Pesquisa e Desenvolvimento da Neoenergia, José Antonio Brito.

O caminhão foi desenvolvido sobre a base no modelo BYD T7, recebendo modificações necessárias para a adequação ao projeto, em especial o sistema de recargas de oportunidade na própria rede de distribuição. O carregador instalado na carroceria do caminhão pode ser conectado a pontos pré-determinados da rede de energia elétrica da distribuidora.

A disponibilidade de potência na rede para as recargas de oportunidade foi estudada durante o projeto a partir de uma metodologia própria. A fase de testes dos equipamentos foi iniciada nas cidades de Limeira e Mairiporã, em São Paulo, área de concessão da Neoenergia Elektro.

” eletrificação da frota é uma das etapas principais para que a Neoenergia alcance a meta de reduzir em até 50% a intensidade de emissões de carbono até 2030, como parte das ações de combate às mudanças climáticas. Hoje, os modelos híbridos e elétricos já são realidade na Frota da companhia e o desenvolvimento do caminhão elétrico contribui com a expansão dessa estratégia para a operação das nossas distribuidoras”, afirma o superintendente corporativo de Serviços Gerais, William Nascimento.

A frota da Neoenergia já conta com 90 veículos híbridos e 63 totalmente elétricos. Em suas sedes administrativas e bases operacionais, a empresa instalou pontos de recarga, garantindo a autonomia dos veículo.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu