Petrobras altera forma de definição dos reajustes de combustíveis

O Conselho de Administração da Petrobras anunciou uma alteração na diretriz de aprovação de reajustes de preços dos combustíveis, porém mantendo a atual política que acompanha as oscilações do mercado externo.

A partir de agora, a estatal usará a Diretriz de Formação de Preços no Mercado Interno, que utilizará o Conselho de Administração e o Conselho Fiscal da empresa para decidir sobre os reajustes.

Atualmente, as alterações de valores só acontecem quando são aprovadas pelo presidente da Petrobras, seu diretor financeiro e diretor de logística.

“A Diretriz incorpora uma camada adicional de supervisão da execução das políticas de preço pelo Conselho de Administração e Conselho Fiscal, a partir do reporte trimestral da Diretoria Executiva, formalizando prática já existente”, disse a Petrobras, em nota.

A Petrobras também destacou que os procedimentos relacionados à execução da política de preço, como a periodicidade dos ajustes dos preços dos produtos, os percentuais e valores, e a decisão dos ajustes dos preços permanecem sob a competência da Diretoria Executiva.

“Vale destacar que a referida aprovação não implica em mudança das atuais políticas de preço no mercado interno, alinhadas aos preços internacionais, e tampouco no Estatuto Social da companhia”, finaliza a nota.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal