Novo XC13 – Conceito da FPT Industrial toma forma na Fenatran 2022

Novo motor multicombustível é a evolução da família Cursor. Do diesel ao gás natural – incluindo o biometano – hidrogênio e combustíveis renováveis, foi concebido de forma revolucionária partindo do conceito Cursor X.

Novo motor FPT N67 NG entrega desempenho e durabilidade de um equivalente diesel, com o melhor TCO da classe, agora para todas as aplicações e segmentos.

Como parte da propulsão sustentável do futuro, a FPT Industrial continua desenvolvendo e investindo em novos motores de combustão interna, ampliando tecnologias e soluções competitivas para a realidade brasileira. Além do protagonismo do diesel, a abordagem focada da marca também leva em consideração seu know-how de mais de 20 anos em aplicações a gás natural e biometano. Dois motores apresentados na Fenatran 2022 sintetizam esse caminho estratégico: o novíssimo XC13, a encarnação do conceito Cursor X, e a nova versão FPT N67 Natural Gas.

De design inconfundível, com o X vermelho brilhante impresso no cabeçote do motor, o XC13 é a evolução do FPT Cursor 13 atual e o primeiro motor de plataforma multicombustível da FPT Industrial. Do diesel ao gás natural – incluindo o biometano – hidrogênio e combustíveis renováveis, foi concebido de forma revolucionária, em várias versões, para oferecer máxima padronização de componentes e fácil integração no veículo final.

A versão movida a diesel do XC13 oferece o melhor desempenho da classe, com até 600 hp de potência e 2.850 Nm, resultando em +5% de potência e +14% de torque em comparação com o atual FPT Cursor 13 no padrão de emissões Euro VI Step E (Europa). A versão movida a metano, por sua vez, fornece até 520 hp e 2.500 Nm, resultando em +13% de potência e +25% de torque em comparação com o FPT Cursor 13 Natural Gas. A redução das emissões de CO2 é de 9% para a unidade a diesel e 10% para o modelo a metano, mas este último pode alcançar net zero de CO2.

A potência de frenagem também alcança o melhor desempenho da categoria, com aumento +29% na versão a diesel (até 710 hp @ 2300 rpm) e impressionantes +300% na versão a metano (até 330 hp @ 2300 rpm). Ambas as versões também são significativamente mais leves: -10% (100 kg) no diesel e (80 kg) no modelo movido a metano. Esta redução de peso é alcançada graças a utilização de novas ligas de ferro fundido vermicular para o cabeçote e bloco do cilindro, resultando em maior eficiência e redução de peso.

A sustentabilidade econômica e ambiental é melhorada pelo aumento da eficiência de combustão, graças a um novo sistema de injeção de combustível e maior pressão de injeção no cilindro, atrito reduzido, e novo turbo de duplo fluxo – um conceito único para a versão a diesel –, gerenciamento inteligente de periféricos e sistemas auxiliares do motor, e também pelo software da FPT Industrial, comando para combustão integrada e controle ATS.

Em síntese, este motor revolucionário e ultra versátil tem tudo o que é preciso para ser uma referência nas aplicações do transporte sustentável.

O XC13 se posiciona como um dos principais protagonistas para atingir as metas rigorosas de emissões de CO2 das frotas, a curto e médio prazo. A nova geração do motor garante emissões mais baixas e menor consumo de combustível, juntamente com desempenho superior”, afirma Edinilson Almeida, especialista de Marketing Produto da FPT Industrial.

MOTOR DO TRATOR DO ANO, TAMBÉM PARA VEÍCULOS COMERCIAIS

O FPT N67 NG para veículos comerciais complementa a gama de motores de combustão interna a gás e biometano da FPT Industrial na Fenatran 2022. Consagrado em todo o mundo, o motor da Série NEF já equipa no Brasil o New Holland T6 Methane Power – o primeiro trator do mundo movido a biometano –, e também está disponível para aplicações no segmento on-road, de transportes, seja em caminhões como também em ônibus.

O motor do “Tractor of the Year” de 2022 na categoria Sustentável na Europa entrega o mesmo desempenho de um equivalente diesel, além de ser compatível com GNL, GNV e biometano. A performance “Diesel Like” alcança até 280 hp de potência e 1.000 Nm de torque.

O FPT N67 NG utiliza a tecnologia de combustão estequiométrica para garantir o melhor consumo de combustível da classe e níveis de ruído mais baixos do que o diesel, com redução de custos em comparação com os equivalentes tradicionais. Seu sistema de pós-tratamento com catalisador passivo de três vias é altamente eficiente e compacto, reduzindo as emissões de CO2 em -28%.

O FPT N67 NG oferece todas as vantagens dos motores diesel, inclusive a confiabilidade comprovada; tem custo total de propriedade competitivo com o diesel, com menor custo; e o biometano pode ser gerado como um combustível renovável para resíduos orgânicos, reduzindo as emissões de CO2 a praticamente zero”, explica Almeida.

Deixe um comentário!

Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos