CaminhõesMontadorasNotíciasNovidades

Volkswagen Caminhões e Ônibus está cada vez mais internacional

A Volkswagen Caminhões e Ônibus continua seus planos de expansão internacional, conquistando cada vez mais mercados. Além da América Latina, os caminhões e ônibus da montadora estão chegando a outros continentes.

A partir de 2023, vai reforçar sua participação em quatro continentes, abrindo escritórios regionais e buscando mais oportunidades de negócios tanto no Brasil quanto no exterior. O anúncio foi feito pelo presidente e CEO Roberto Cortes durante encontro com a imprensa em São Paulo (SP).

Com a abertura de representações cuidando dos interesses da marca na América do Sul, México e América Central, África e Oriente Médio, bem como o Sudeste Asiático, a montadora quer prospectar e consolidar sua presença em novos mercados, além de buscar a liderança em países nos quais já atua. A primeira etapa será seguir fortalecendo a marca na Argentina, onde completará 25 anos em 2023.

“Após mais de quatro décadas levando produtos robustos e sob medida a mais de 30 países, decidimos dar mais um passo firme rumo à globalização da marca VWCO. Além de continuar contando com nossa forte e profissional rede com mais de 300 concessionários e importadores autorizados, pretendemos criar uma estrutura regional própria, que garantirá ao cliente final ainda mais proximidade em nossa oferta de produtos, vendas e serviços. Começaremos esse trabalho já na América do Sul, mirando o potencial que enxergamos na vizinha Argentina”, explica Roberto Cortes.

Com fábricas no Brasil e no México, além de parcerias de produção na África do Sul e nas Filipinas, desde maio passado a razão social da empresa passou a ser Volkswagen Truck & Bus. A alteração veio para reforçar sua identidade como marca do Grupo TRATON de produtos especialmente concebidos para mercados emergentes em todo o mundo.

Em meio a um ciclo de investimentos de R$ 2 bilhões e ao maior lançamento de produtos já feito em sua história, a montadora enfrentou a pandemia e o desabastecimento de peças sem interromper a produção nos últimos dois anos e meio.

“Este ano, estamos mantendo nossa liderança acumulada no licenciamento de caminhões no mercado brasileiro, bem como defendendo uma vice-liderança histórica em chassis de ônibus. Os embarques ao exterior também vivem um bom momento. É num cenário de otimismo com o futuro que lançamos essa nova fase de nossa internacionalização. Em breve, poderemos divulgar mais detalhes sobre ela”, diz Cortes.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.