Ministro da Infraestrutura publica nota sobre deslizamentos de encostas em rodovias do Paraná e Santa Catarina

O ministro Marcelo Sampaio, publicou uma nota no portal do Ministério da Infraestrutura, destacando as ações que vem sendo tomadas por parte do órgão do Governo Federal para minimizar os efeitos negativos trazidos pelo grande volume de chuvas que atingiu várias regiões do país desde o último final de semana.

Em decorrência do excesso de água, houveram diversas quedas de barreiras em rodovias, especialmente no Paraná e Santa Catarina, inclusive com algumas vítimas fatais.

Veja a nota na íntegra abaixo:

Desde as primeiras notícias de que as fortes chuvas registradas nos últimos dias provocaram deslizamentos e interdições em importantes rodovias federais do país, o Ministério da Infraestrutura vem coordenando o esforço concentrando dos órgãos vinculados à pasta e entidades parceiras para liberar vias e garantir assistência à população afetada, à qual quero me dirigir especialmente, reiterando nosso profundo pesar e total solidariedade.

O corpo técnico do MInfra se soma às equipes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), das concessionárias do sistema federal de rodovias, da Polícia Rodoviária Federal, bem como aos governos de estados e municípios atingidos, incluindo dezenas de socorristas e de cidadãos voluntários envolvidos nas operações emergenciais, para garantir pronto atendimento e célere reestabelecimento do fluxo viário. Trabalhamos acima de tudo em prol da segurança da população, e também para que a livre circulação de pessoas e veículos seja retomada o quanto antes.

Embora haja registros de ocorrências em várias regiões, o caso mais grave, no momento, é registrado no Sul do país. É fundamental que os motoristas não se desloquem para as rodovias BR-376/PR e BR-101/SC, entre os municípios de Tijucas do Sul (PR), Guaratuba (PR) e Garuva (SC). A rota está intransitável, depois que o deslizamento de encosta obstruiu completamente essa ligação rodoviária, na altura do km 668,7, na noite de segunda-feira (29/11). Prontamente, equipe da ANTT foi deslocada para o local, em apoio aos trabalhos em andamento pela concessionária Arteris Litoral Sul, a qual administra a BR-376/PR; e ao socorro que é prestado pela PRF, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, com apoio de voluntários civis.

A Serra encontra-se bloqueada, ainda sem previsão de liberação, com tráfego interrompido na praça de pedágio de São José dos Pinhais-PR, km 635 da BR-376/PR; na unidade operacional da PRF em Tijucas do Sul (km 662) e na praça de pedágio de Garuva, no km 1,3 da BR-101/SC. A recomendação das autoridades no local é de que os condutores antecipem a manobra de retorno (evitando prosseguir até os pontos de bloqueios). As rotas alternativas indicadas neste momento para ligação entre os estados do Paraná e Santa Catarina são as BRs 470 e 116.

Pontos de atenção

Alerta também na BR-277/PR, cuja pista no sentido litoral está totalmente interditada devido à queda de barreira no Km 41 e parcialmente interditada no Km 42; e na BR-280/SC, onde há interdição total no Km 93 e no trecho entre os Kms 84 e 122. Os segmentos foram sinalizados e equipes do DNIT atuam nos serviços de desobstrução e de orientação aos condutores quanto a rotas alternativas.

Em Aracruz, Espírito Santo, o trânsito foi totalmente interrompido no Km 170 da BR-101, devido a um registro de erosão. A concessionária Eco101 e a PRF encontra-se no local, e, conforme a concessionária, a previsão é que os trabalhos sejam concluídos nesta sexta-feira (2). Outros pontos de atenção nesta rodovia são o Km 171,3, ainda em Aracruz e devido a uma erosão; e os km 134 e 146, ambos em Linhares e em decorrência à queda de barreiras.

Reitero que MInfra, ANTT, DNIT, PRF e concessionárias, além das prefeituras locais, continuam atuando de forma coordenada para minimizar os impactos das chuvas, mantendo o funcionamento de serviços essenciais e o transporte rodoviário de cargas. O Governo Federal, como um todo, está atento à situação: mais uma vez, daremos a nossa contribuição para superarmos esse momento sensível.

Marcelo Sampaio
Ministro de Estado da Infraestrutura

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

One thought on “Ministro da Infraestrutura publica nota sobre deslizamentos de encostas em rodovias do Paraná e Santa Catarina

  • 05/12/2022 em 17:04
    Permalink

    NA HORA DE MULTAR OS CAMINHONEIROS BRASILEIROS SÃO EFICIENTES E RÁPIDOS AGORA NÃO DÃO SEGURANÇA NENHUMA NAS RODOVIAS FEDERAIS QUE SÃO PRECÁRIAS E BURACOS DIVERSOS SEM FALAR DOS ROUBOS DE CARGAS E INDÚSTRIAS DAS MULTAS E PEDÁGIOS CARÍSSIMOS SEM OFERECER QUALIDADES AOS USUÁRIOS.

    Resposta

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal