Volvo FH 540 é o caminhão mais vendido do Brasil em 2022

R$ 980 mil por unidade. Esse é o preço médio do Volvo FH 540, caminhão mais vendido do Brasil em 2022. De acordo com a Fenabrave, 8.317 unidades do pesado foram vendidas durante o ano passado, ficando bem à frente do segundo colocado. No total, a Volvo vendeu 24.093 caminhões no país, ficando em terceiro lugar no ranking geral e no primeiro no segmento de pesados.

Somando todos os caminhões entregues, a Volvo liderou a classe acima de 16 toneladas, que reúne veículos pesados e semipesados. Foram emplacadas 24.093 unidades, o que representa 24,6% de participação.

A marca também manteve a liderança no segmento de pesados, com 18.747 unidades emplacadas e 29% de market share.

“Este é um feito inédito para a Volvo. Pela primeira vez somos líderes na soma dos segmentos em que atuamos. Isso mostra nossa consistência em pesados e também nosso crescimento contínuo em semipesados”, afirma Alcides Cavalcanti, diretor executivo de caminhões da Volvo.

A marca emplacou 5.346 caminhões semipesados no ano passado, 39% a mais que no exercício anterior, e conquistou inéditos 16,3% de market share nesse segmento.

Essa é o quarto ano consecutivo que o FH 540 lidera as vendas de caminhões no Brasil, com números superiores a caminhões leves e médios. Somente no ranking dos pesados, essa é a décima vez que o FH lidera a lista.

“O alto profissionalismo dos transportadores, que buscam veículos econômicos, robustos e com alta disponibilidade, faz do Volvo FH o líder em vendas. É um caminhão muito avançado e seguro, que dá grande retorno em produtividade em qualquer operação de transporte”, assegura Cavalcanti.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal