NotíciasOnibusTecnologia

Viação Piracicabana completa cinco anos de operação com ônibus elétricos da BYD

Em 2018, o Grupo Comporte, da Viação Piracicabana, deu início à compra de ônibus elétricos da BYD buscando oferecer maior conforto aos passageiros, melhorar a qualidade de vida dos motoristas e garantir sustentabilidade para seus negócios.

Em cinco anos de operação, a frota de seis ônibus do modelo D9W da BYD já deixou de emitir cerca de três mil toneladas de CO2, o equivalente ao plantio de 21.500 árvores. O dióxido de carbono é um dos gases responsáveis pelo efeito estufa.

No mesmo período, foram economizados 157.800 litros de óleo diesel na operação dos seis veículos à bateria, que fazem a linha 108 – Esplanada dos Ministérios/Palácio do Buriti e Rodoviária do Plano Piloto em Brasília (DF).

Os ônibus elétricos da BYD são totalmente não poluentes e silenciosos. “Não estarem submetidos ao impacto da poluição sonora é um dos grandes atrativos dos ônibus elétricos da BYD, de acordo com relatos dos nossos passageiros durante as viagens”, observa Marco Oliveira Mansur, gerente de Manutenção da Viação.

Desde que entraram em circulação, a frota da Piracicabana já realizou mais de 2.84 milhões de km rodados com excelente desempenho e baixo custo operacional.

O modelo D9W da BYD foi desenvolvido para linhas urbanas para carrocerias com até 13 metros de comprimento. Entre as vantagens está o sistema de freio regenerativo, que proporciona maior economia e autonomia ao veículo. O ajuste de inclinação do volante, a suspensão pneumática integral e o sistema de rebaixamento bilateral garantem mais conforto e comodidade. Com o D9W também é possível elevar a altura da carroceria, o que permite transpor os obstáculos das vias públicas.

“Do ponto de vista ambiental e econômico, os ônibus elétricos da BYD apresentaram resultados extremamente positivos para a Piracicabana. Menos poluição ao meio ambiente, e maior economia de custos com manutenção e de gastos com combustível”, afirma Marcello von Schneider, diretor institucional e head da divisão de ônibus elétricos da BYD Brasil.

O Grupo Comporte, dono da Piracicabana, instalou energia solar na garagem dos ônibus. Dessa forma, fazem a recarga dos veículos sem qualquer custo. Com isso, o Grupo conseguiu reverter os investimentos na aquisição dos ônibus elétricos.

“Os ônibus da BYD são seguros, dão pouca manutenção e são tecnologicamente viáveis nos centros urbanos”, diz Albano Esteves de Abreu, diretor institucional da Piracicabana. “São também uma solução econômica para a operação a longo prazo, e a natureza agradece”, concluiu.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Consumo do Tesla Semi surpreende Conheça as oito personalidades da Ford F-150 Conheça o Ford Thorco – O caminhão de dois motores Conheça 8 dicas para evitar quebras no seu caminhão Conheça as cores preferidas dos caminhões DAF