Derramamento de grãos nas estradas será fiscalizado em Goiás




Durante o período de colheita da soja e sua comercialização é comum verificarmos caminhões transportando cargas mal acondicionadas e com derramamento de grãos pelas rodovias e estradas vicinais.

Visando controlar este tipo de transporte e atendendo demanda da cadeia produtiva de soja em Goiás, a Agência Goiana de Defesa Agropecuária – Agrodefesa incluiu na Instrução Normativa Estadual nº 08, de 06 de novembro de 2014, a regulamentação do transporte de cargas de soja em Goiás.

Os principais objetivos da medida são:

– impedir o semeio involuntário de sementes, que nascem às margens das rodovias e resulta em fonte de inoculo para o fungo Phakopsora pachyrhizi, agente causal da ferrugem asiática da soja; e

– reduzir as perdas com o transporte inadequado dos grãos que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), podem chegar a 15% da produção, o que corresponde a mais de 1,5 milhão de toneladas, gerando um prejuízo estimado em mais de R$ 1,6 bilhão de reais aos produtores goianos.

O Coordenador do Programa de Soja da Gerência de Sanidade Vegetal da Agrodefesa, o Engenheiro Agrônomo Mário Sérgio de Oliveira, explica que um acondicionamento adequado da soja é quando não há queda de grãos.

LEIA MAIS  Caminhão roubado em São Paulo é recuperado pela PRF na Bahia

“As cargas de soja deverão estar acondicionadas adequadamente, de forma que não ocorra o derramamento da carga durante o itinerário, e o acondicionamento adequado das cargas é de responsabilidade dos transportadores”, explica o Coordenador.

Fiscalização

A Agrodefesa está fiscalizando o transporte de cargas de soja no Estado. Para as cargas que entrarem em Goiás, as fiscalizações serão feitas, principalmente, nos postos fixos localizados nas fronteiras com outros Estados, além das unidades móveis que atuam em pontos estratégicos não determinados.

LEIA MAIS  Rio de Janeiro vai obrigar uso de sinalizador sonoro para caminhões basculantes

Segundo o Gerente de Fiscalização Vegetal da Agrodefesa, Márcio Antônio de Oliveira e Silva, o descumprimento acarretará em multa de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) para o transportador. “Até o momento estávamos realizando um trabalho de orientação e educação sanitária, a partir deste ano começaremos a multar quem estiver transportando de maneira inadequada”, alerta o Gerente.




17 comentários em “Derramamento de grãos nas estradas será fiscalizado em Goiás

  • 11/03/2017 em 20:08
    Permalink

    Chega a impressionar a quantidade de grãos que ficam pelo acostamento das rodovias. Fiz uma parada em São Simão, próximo ao Rio Paranaíba e fiquei impressionado com a quantidade de grãos de milho e soja haviam amontoados na margem da pista. Antes eu só percebia que eram grãos que estavam depositados mas não tinha a dimensão da quantidade. Parecia uma “leira” formada por alguém e muito bem distribuída! Ridículo o que faz nosso companheiros!

    Resposta
  • 11/03/2017 em 17:59
    Permalink

    Não seria melhor se fosse, “Buracos nas estradas de Goiás serão tapados” as pécimas condições das estradas de Goiás foram notícias nacional essa semana e ele se preocupando com grão derramado,

    Resposta
  • 11/03/2017 em 14:01
    Permalink

    Primeiramente ! Deve se arrumar as estradas , q por sinal estão um lixo !!!! Isso ajudaria e muito o motorista a não perder tanto , d concerteza as estradas estariam mais limpas !

    Resposta
  • 10/03/2017 em 20:24
    Permalink

    E as estradas serão fiscalizadas por causa dos buracos,cambada de fihas das putas à corda só quebra no lado mais fraco mesmo nessa porra de país de desigualdade da nojo de ver certas imundices

    Resposta
  • 10/03/2017 em 17:54
    Permalink

    E pra envitar os passarinho comer na rodovia a semente…risco de morte agora se o caminhoneiro quiser estrada boa vai uma dica arruma um papel e uma caneta e desenha….so assim . Blz

    Resposta
  • 10/03/2017 em 15:55
    Permalink

    É só conservar as rodovias que os caminhões vão ficar bem conservados assim não terá derramamento de grãos na rodovia

    Resposta
  • 10/03/2017 em 15:20
    Permalink

    Naum seria prudente tampar os buracos ou recapear primeiro tenho certeza que se fizerem isto 90% dos grãos perdidos não seria derrubados mas ao invés disto né vamos atocaiar os motoristas para multalos agora que os nobres policiais tem comissão sobre as multas só acho.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!