Jaloto é a primeira transportadora brasileira a conquistar certificação em segurança viária




O Brasil já tem uma transportadora certificada pela ISO 39001, a norma internacional que regulamenta a gestão da segurança de tráfego viário. É a Jaloto Transportes, sediada em Maringá, Noroeste paranaense, que atua na logística de produtos químicos e de alimentos a granel. “É um selo que coloca a Jaloto no nível de excelência de segurança viária. É um reconhecimento que nos dá um orgulho especial, porque quase 100% dos caminhões da frota da empresa são da Volvo”, declara Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina.

Ele lembra que os valores da Jaloto são muito semelhantes aos da Volvo. A Segurança, um dos três pilares fundamentais da Volvo, ao lado da Qualidade e do Respeito ao Meio Ambiente, já era uma preocupação da transportadora. “A vida é um valor primordial e está sempre em primeiro lugar”, diz Joel Jaloto, fundador e presidente da empresa, ao destacar que a transportadora já tinha uma cultura nesta área.

O gatilho em busca da excelência na segurança viária partiu de um seminário com transportadores realizado pelo Programa Volvo de Segurança no Trânsito (PVST) em 2016 na Associação Comercial de Maringá. “Já conhecíamos informalmente a norma, utilizávamos veículos Volvo com alta tecnologia de segurança embarcada, tínhamos indicadores e monitorávamos o sistema viário. O evento oficializou um valor já existente e despertou a importância de deflagrarmos ações organizadas em busca do aumento da segurança viária e da certificação”, explica Júlio Gonçales, gerente de conformidade e gestão da Jaloto. A empresa já detinha a certificação SASSMAQ, o Sistema de Avaliação de Segurança, Meio Ambiente e Qualidade.

LEIA MAIS  Promoção “Peça Volvo e Ganhe Mais” entrega caminhões aos vencedores

Redução de acidentes

O esforço envolveu a alta direção e funcionários de todos os escalões. E deu certo: com a conscientização e as ações educativas e comportamentais, a Jaloto fez despencar em 80% o número de acidentes e reduziu em 83% o volume de multas na frota, porque diminuiu drasticamente o excesso de velocidade dos caminhões. O último levantamento mostrou que mais de 90% da frota de cerca de 300 caminhões está adequada aos limites de velocidade.

Gonçales lembra que o grande vetor para a busca pela certificação foi o “Pico Zero – A Vida dentro do Limite”, programa para diminuir os picos de velocidade de 80 quilômetros por hora que já estava em curso dentro da empresa, mas que foi fortalecido e reforçado logo no dia seguinte ao seminário.

As ações trouxeram outros benefícios: atualmente a Jaloto também está conseguindo controlar integralmente a jornada de trabalho dos motoristas na carga horária prevista pela legislação que regulamenta o descanso. “Hoje, 100% dos motoristas cumprem religiosamente a jornada e as horas de descanso”, declara. Além disso, não houve nenhum tombamento de veículo que tenha afetado o meio ambiente.

“A Jaloto teve três destaques na ISO 39001: fez um planejamento estratégico para a segurança viária envolvendo lideranças e funcionários, estabeleceu objetivos, metas e definiu ações e vem monitorando constantemente os resultados para a melhoria contínua”, afirma Jonas Alves Pereira, da i9 Gestão, consultoria especializada na implementação da certificação de sistemas de gestão, que ajudou a Jaloto a conquistar mais rapidamente a 39001. A certificação foi feita pelo Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná).

LEIA MAIS  Allison equipa caminhões elétricos da EMOSS Mobile Systems com transmissões automáticas

Volvo na vanguarda

“Nossa meta é atingir Zero Acidentes”, observa Gonçales, admitindo que é um objetivo ambicioso, mas possível. Esta é também a visão do Grupo Volvo, cujo ideal é ter um futuro com zero acidentes envolvendo veículos da marca. “Mesmo oferecendo os veículos mais seguros do mercado, sabemos que, isoladamente, não se pode evitar todos os acidentes. Precisamos do envolvimento dos transportadores e de entidades do setor de transportes, pois todos serão beneficiados com o aumento da segurança e a redução de prejuízos humanos e financeiros decorrentes dos acidentes”, explica André Ribeiro, diretor do Grupo Rivesa, concessionário Volvo no Paraná e no Mato Grosso do Sul.

Publicada em 2012 pela ISO Internacional, a 39001 ganhou uma versão brasileira da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) em 2015 – a ABNT NBR ISO 39001, conquistada pela Jaloto. A tradução teve o apoio do PVST, o primeiro a disseminar a norma no País com a realização de nove seminários em várias regiões, envolvendo mais de 1 mil lideranças do setor do transporte comercial. Em 2014, ainda lançou o Manual de Implantação de um Sistema de Gestão de Segurança Viária e, em 2017, o simulador da ISO 39001, para facilitar a identificação pelas empresas do estágio em que estão com relação aos requisitos da norma.




Deixe sua opinião sobre o assunto!

error: Cópia de conteúdo desabilitada !!