Caminhoneiros brasileiros passaram até fome na Venezuela

por Blog do Caminhoneiro

Ontem, 27 de Fevereiro, quase todos os caminhoneiros retidos na Venezuela depois do fechamento da fronteira com o Brasil e Bolívia puderam voltar para casa. O fechamento da fronteira foi uma medida imposta pelo ditador socialista Nicolás Maduro para evitar a entrada de ajuda humanitária, solicitada pelo presidente interino Juan Guaidó.

Depois de cruzarem a fronteira, após longa negociação com os militares venezuelanos, os caminhoneiros contaram à reportagem do Jornal da Record um pouco do que passaram no país vizinho.

O caminhoneiro Dalci, caminhoneiro há 50 anos, contou que se não fossem as doações, teria passado mais fome. “Não fosse a doação de comida que alguém mandasse para lá, nós ia passar sem comer. Eu passei dois dias sem comer”, contou o caminhoneiro na entrevista.

Os caminhoneiros ficaram retidos na Venezuela por seis dias, e não receberam nenhuma ajuda dos militares venezuelanos, que inclusive, ameaçaram e deram tiros na direção dos motoristas.

O vídeo pode ser assistido clicando aqui.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Laureanoalves de souza 02/03/2019 - 06:45

Cadê a publicação dos policiais rodoviários federais presos????

Reply

Escreva um comentário