Transportes Gabardo compra 55 caminhões Volkswagen Constellation

Seja no Brasil, em países vizinhos ou mesmo até o porto, antes do embarque a destinos mais distantes: a Transportes Gabardo leva sua carga a bordo dos caminhões VW. A empresa conta com mais de 700 caminhões VW e acaba de renovar sua frota com 55 veículos do modelo Constellation 19.360.

Os novos veículos chegaram à frota da Gabardo com a missão de rodar de 10 mil a 15 mil quilômetros ao mês, transportando automóveis, caminhões e equipamentos em cegonhas e pranchas especiais, principais operações da empresa.

“A facilidade de operação do Constellation 19.360, por ser mais leve e mais econômico, associa-se ao fato de os caminhões VW serem bem mais confiáveis e terem um custo operacional mais baixo, o que traz uma redução no custo operacional total da empresa. Portanto, essa é a nossa melhor opção”, comenta Sérgio Gabardo, fundador da Transportes Gabardo.

O empresário conta que o modelo é o escolhido também para os destinos internacionais, como Argentina, Uruguai e Chile, país que traz um dos trechos mais desafiadores para a condução: a Cordilheira dos Andes, especialmente no inverno. “Com os caminhões VW não tem caminho difícil. Os modelos são extremamente confiáveis, robustos e com excelente custo-benefício. Digo que o VW é o caminhão de quem deseja vencer na vida”, afirma o empresário, que por muitos anos guiou os caminhões nas entregas de sua empresa.

A parceria entre a Gabardo e os caminhões VW começou com o lançamento do Titan 18.310 4×2, veículo que fez história na empresa. “Viajei muito com esse caminhão e até hoje conservo seis dele em minha frota. São o meu xodó e também dos motoristas e por onde passam chamam atenção pelo estado de conservação”, elogia.

Para ele, redução de custo operacional, economia de combustível e flexibilidade para os diversos tipos de operação são itens que conferem aos caminhões VW desde sempre o título de favoritos. “O conforto da cabine também é incomparável.”

O desempenho dos cavalos mecânicos VW com 19 toneladas é positivo nas estradas e também no mercado: essa fatia, que engloba também os modelos Constellation 19.330, 19.360 e 19.420, cresceu 128% em 2018.

“Em razão da retomada gradativa de consumo, associada ao processo de renovação de frota nas grandes e médias empresas, o segmento de pesados tem acelerado nos últimos meses”, observa Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da VW Caminhões e Ônibus.

Deixe um comentário!

Na década de 1980, caminhão elétrico já era realidade no Brasil Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA