Caminhão é apreendido pela PRF após evadir pedágio na BR-277

Na noite de sexta-feira (12), por volta das 20 horas, agentes da PRF abordaram um caminhão VW 17.250, logo após o motorista se evadir da praça de pedágio da BR-277, em São José dos Pinhais, sem pagar a tarifa. O caminhão estava com a placa dianteira abaixada. Assim que o motorista desembarcou, ele mesmo a colocou no lugar.

Em pesquisa, os agentes descobriram que o caminhão possuía mais de R$ 11 mil em débitos, entre multas e IPVA atrasados. Além disso, o veículo possui um bloqueio judicial desde 2010, o que impede de ser vendido.

Em vistoria, os policiais encontraram diversas irregularidades, como tacógrafo sem aferição do Inmetro, ausência de estepe e a falta de licenciamento. Além dessas, ele foi autuado também pela evasão de pedágio. Somadas, as quatro infrações de trânsito chegam a R$ 879,16, além da adição de 22 pontos em sua CNH, suficiente para a abertura de procedimento administrativo, pelo Detran, para a suspensão do documento.

Diante dos fatos, o caminhão foi retido ao pátio terceirizado da PRF e ficará retido até a regularização dos débitos, bem com a resolução do processo judicial.





5 comentários em “Caminhão é apreendido pela PRF após evadir pedágio na BR-277

  • 16/04/2019 em 18:17
    Permalink

    Estes vagabundos não são motorista mas sim vermes merece cadeia fica aí pegando frete barato da nisto desmoralizado a classe vagabundos parabéns a a PRF de tirar das estradas

  • 16/04/2019 em 16:28
    Permalink

    Bom, nesse caso ele deu mole porque ele ja tava todo ferrado, aí vai lá e acaba de se ferrar mais ainda. Ta certo que os pedagios estão num valor absurdo e os fretes mau da pra pagar o diesel. Mas o camarada tem que pensar nas atitudes pra não acabar de piorar a situação. Esse e o nosso Brasil.

  • 16/04/2019 em 14:51
    Permalink

    Nosso país ta cada dia mais complicado !
    Foi errado evadir o pedágio , mais errado ainda existir esse pedágio que não contribui em nada pegaram a rodovia duplicada pronta, só pensam em arrecadar e a corda sempre vai estourar no lado mais fraco .

    • 16/04/2019 em 15:13
      Permalink

      Concordo que o valor seja caro pelo serviço oferecido. Porém é inegável que a conservação pelo menos aqui no Paraná melhorou muito as condições das rodovias. Já tive pneu do carro cortado por um calço de muriçoca e o pedágio me socorreu. Conhecido meu atropelou uma vaca com uma evoque e o pedágio pagou o conserto de 70mil.
      Esses vim de salto del guaira de pajero full, 250km pareceu 500km, quando perto de Maringá no trecho pedagiado parecia que tava num avião tamanho conforto do asfalt

  • 16/04/2019 em 13:00
    Permalink

    Esse é trouxa. Já que tá todo irregular paga o pedágio e passa despercebido, mas não , quer se dar bem e chamar atenção. Ficou à pé.

Fechado para comentários.