Ministra da Agricultura diz que é preciso acabar com a tabela do frete




A Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, defendeu o fim da tabela de fretes na abertura da feira Tecnoshow Comigo, em Rio Verde-GO. Ela afirmou que a medida é perversa com o setor produtivo, e eleva os custos do transporte da produção.

“Precisamos acabar com a tabela de frete. Ela foi feita em um momento de fragilidade do ano passado e já sabemos que foi um tiro no pé”, disse ela, se referindo à greve de caminhoneiros de maio do ano passado.

Tereza afirmou que mantém conversas com o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, sobre o assunto. Ele é o articulador entre o governo e os caminhoneiros, e tem anunciado uma série de medidas benéficas aos caminhoneiros. Em nenhuma oportunidade ele mencionou essas negociações.

A ANTT irá conduzir uma audiência pública sobre a tabela de fretes até o próximo dia 24 de maio. Essa audiência está aberta para sugestões, e também ocorrerão cinco sessões presenciais para discussão do assunto.

Vale lembrar que o agronegócio se mostrou contrário à política dos preços mínimos dos fretes desde que ela foi implantada, em maio do ano passado. Duas Ações Diretas de Inconstitucionalidade foram protocoladas pela Associação do Transporte Rodoviário de Cargas do Brasil (ATR Brasil) e pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

A Procuradoria Geral da República, ao analisar essas ADI’s, defendeu a constitucionalidade da tabela, já que a medida visa garantir a subsistência do caminhoneiro autônomo, e caracteriza uma intervenção excepcional do Estado na ordem econômica.




54 comentários em “Ministra da Agricultura diz que é preciso acabar com a tabela do frete

  • 29/04/2019 em 12:43
    Permalink

    Tche ta um abuso está historia do frete. Tão declaradamente postando frete com até 40% abaixo da tabela e ninguem fas nada. Esta merda da ANTT ta articulando pra acabar de vez com nós autônomo. É uma pouca vergonha uma lei q ninguem respeita. Q pais é este q a lei só vale pro mais fraco.

  • 14/04/2019 em 21:02
    Permalink

    Bom essa ministra idiota ,deve ter alguns empresários bancando ela,pois bem qual é o prejuizo se ninguém está pagando tabela, é muito fácil ir para o lado dos poderosos,engracado é que quando entra na Safra o frete é bem mais alto que a tabela,tem que cortar o câncer que são as transportadoras,elas sugam nosso sangue e assim ficam cada vez mais ricas

  • 10/04/2019 em 22:23
    Permalink

    Fico analisando essas palhaçadas, de pagar ou não pagar. Até hoje não vi nenhuma empresa seguindo tabela. No fretebras por exemplo e raro ver um frete dentro da tabela. Tá lá pra todo mundo ver e ninguém faz nada.
    Hoje em dia motorista e cachorro e quase a mesma coisa, o cachorro ainda sai ganhando é melhor tratado.
    Dono desse blog deveria mostrar a realidade de um motorista de caminhão, não vejo uma matéria mostrando o que passa os nas estradas.
    E ladrão tentando assaltar, e polícia querendo levar o café, e a bandida da ministra querendo tirar o que nem temos ainda, e o porteiro das empresas que trata agente pior do que cachorro, e posto de gasolina que rouba agente, não tem um lugar pra dormir tranquilo, não tem um banheiro limpo pra tomar banho e por aí vai e mil coisas pra desanimar agente. Mais continuamos lutando, até hoje não sei porque continuo tentando.
    A classe deveria se unir , parar os caminhões em casa e deixar esse país parar.
    Essa seria a solução pra melhorar nossa situação.

    • 17/04/2019 em 19:17
      Permalink

      Concordo com vc deixo da suas palavras as minhas,pura verdade para no posto pra durmir vem o frentista correndo te dizer vai dormir ai não so se abastecer e uma palhaçada nosso pais

  • 10/04/2019 em 11:19
    Permalink

    Esta ministra da agricultura está falando que tem que acabar com a tabela de frete, se até hoje desde a greve dos caminhoneiros, ninguém paga fretes na tabela, qual o prejuízo que a tabela está causando ao Agro negócio, se nem fiscalizando a ANTT fiscaliza.

  • 10/04/2019 em 10:56
    Permalink

    Bom dia. 100 dias de governo e estão querendo que se resolva o que o PT e seus ladrões junto com o PMDB acabaram com o país. Temos que ter paciência eu sei que é difícil num momento que estamos trabalhando com uma estreita margem de lucro. Nós autônomos temos que nos unir não só em boteco e em pátio de postos e porta de agenciadores. Temos que nos unir em associações ou criar um sindicato forte para termos força. Só se consegue resultados com união. O que vejo é um fechando o outro na estrada, um que tem caminhão mais potente jogando o mais fraco para fora da pista. Dando bicicleta na hora de descarregar ou carregar. Por isso que está assim. Acredito no livre mercado. É só minha humilde opinião. Deus abençoe.

  • 10/04/2019 em 10:46
    Permalink

    Acabar com qual tabela, essa que ninguém paga, para mim essa tabela foi a pior coisa que fizeram, pois eu conseguia negociar, agora não consigo negociar e nem receber o frete da tabela, o caminhoneiro precisa ver que ele é empresário e não um funcionário que trabalha por qualquer frete, são esses que estragam a categoria!!!!

  • 10/04/2019 em 10:41
    Permalink

    Ministra IDIOTA quer que os caminhões rodem de graças sendo assim a propina dela não acaba….vai SF..sua vaca

  • 10/04/2019 em 09:25
    Permalink

    Eu não vou nem falar o que penso sobre o comentário dessa dona senhora. … Ela está sentada no conforto de sua sala e não sabe o que é um caminhão rodando, as despesas de pneus manutenção, motorista, documentação entre outras coisas, a tabela é a salvação da categoria, se não tivermos pulso para fazer valer a lei estaremos sempre nas mãos desses governantes corruptos, eu quero ver até maio se o Brasil não para denovo … Impossível trabalhar nesse país que só tira direitos dos mais pobres e enche de regalias os políticos e os empresários.
    Concerteza o agronegócio está pressionando essa senhora então o mais fácil é mexer com a classe trabalhadora e menos favorecida…pessoal não vamos perder o que conseguimos em anos de batalha, a gente para denovo, mas nao podemos aceitar o fim da tabela ..

  • 10/04/2019 em 09:05
    Permalink

    É preciso acabar com todo tipo de tabela então…principalmente a tabela de propina de 3% p politico

  • 10/04/2019 em 08:57
    Permalink

    Senhora ministra precisa tbm reavaliar esses federais de itumItumb GO até Porangatu,pq tá impossível rodar nesse trecho,pq fazer blitz é uma coisa agora parar só encher os caminhões de multas é diferente e detalhe nan tem o mínimo de diálogo.

  • 10/04/2019 em 08:13
    Permalink

    Bom dia!
    Esse governo e seus ministros são todos palhaços no que diz respeito à tabela de frete e no que diz respeito aos caminhoneiros e bobos somos nós que acredacreditamos que vai ser feito alguma coisa para melhorar para nós caminhoneiros, ja vai até maio para resolver depois até novembro e depois para tudo pq eles saem de férias… e errados somos que qdo resolvemos parar tudo….

  • 10/04/2019 em 07:56
    Permalink

    Sou altonomo e sou contra o tabelamento d frete aja vista q as tranportadoras grandes q tm muitos caminhão vai sobre por pq o empresário ao inves d dar o frete pro altono vai passar p as transportadora q ppr sinal ainda da prazo de ate 60 dias p receber e sm contar q os proprios empresário estão comprando caminhao então sou contra a melhor potica seria diminuir os precos d pedagio ou fazer valer a lei dos pedagios e abaixar o diesel e acabar cm o frete retorno essa e minha opinião

    • 10/04/2019 em 09:20
      Permalink

      Meu caro com todo respeito, não fale uma besteira dessa, a anos estamos buscando o piso mínimo p trabalhar, agora que temos ao menos uma referência vc me fala uma coisa dessas, pra começo de conversa o governo já se mostrou incompetente pra cuidar das rodovias, só olhar pro extremo norte, diesel não vai baixar e está claro que se abaixar o diesel o frete tbm abaixa então reflita mais sobre o que vai escrever pra não dar mais força pra esse governo omisso agir contra nós autônomos…

    • 10/04/2019 em 10:46
      Permalink

      Jovem mas a tabela do frete tem q dar certo pra nós por causa do retorno na média geral a ida pro nordeste por exemplo não é ruim não está bom mas da pra viver..O problema é o retorno..Naontem como acabar com frete retorno sem tabela.isso q vc parece q não entendeu se deixar por conta dos empresários continuaremos na mesma cada dia mais inviável viajar.a tabela e para isso mesmo acabar com p frete retorno

  • 10/04/2019 em 01:56
    Permalink

    So o que faltava.. Vir essa mulher q nao sane do assunto inventar bobagens

  • 09/04/2019 em 23:45
    Permalink

    Se a senhora acha que deve acabar com a tabela mínima de frete então tira o preço mínimo dos salários tira preço mínimo da energia elétrica da água e de todos os serviços públicos o qual pagarmos sem usar .ou tenta a sorte na tabela de frete . Eu acho que a senhora tem juízo. Ou não?

  • 09/04/2019 em 23:05
    Permalink

    Só tabela de frete mínimo não resolve o problema de logística do Brasil.
    Governo precisa estudar vários pontos:
    Tempo parado em porta de empresas aguardando para descarregar.
    Tempo parado em postos fiscais, para resolver problemas de clientes inadimplentes, que não é problema do motorista, e ele é o único prejudicado.
    Muitas empresas recebem notas fiscais só no período da manhã até 6horas. Chegou na porta do cliente após o horário fica para o dia seguinte, isso tudo precisa repassar para o destinatário da carga ressarcir o motorista.
    Tabela de frete a ANTT, só fez para cargas fechadas, cadê a da carga fracionada?
    Imposto de frete para os autônomos precisa ser diferenciado.
    Aquela taxa que todo cancioneiro paga para entrar no estado do Pará, precisa acabar. Etc

  • 09/04/2019 em 22:52
    Permalink

    E encurtar distâncias entre as empresas eo autonomos que o frete não fica alto.retira as transportadoras que querem ganhar muito dinheiro em cima de tudo mundo…

  • 09/04/2019 em 21:52
    Permalink

    Não e tabela e preço mínimo para sobreviver

  • 09/04/2019 em 20:02
    Permalink

    Essa ministra deveria olhar para a estrutura e toda a cadeia que envolve o frete. Tudo move sobre rodas, desde a plantação dos grãos até suas colheitas, bem como da matéria prima que chega as indústrias. Frete é transporte de coisas, objetos e gêneros, tem custo. Frete é igual o transporte de pessoas, exemplo: taxi, ônibus, metrô, trem, e são tabelados, taxados. Tudo tem que ter margem de lucro, pois nem relógio trabalha de graça.
    Portanto. Sra ministra! Entra na boleia de um caminhão e tenta trabalhar por um mês pra ver como são tratados e as condições que são oferecidos aos verdadeiros profissionais que tenta fazer o pais girar, rodar, ao contrário do mundo político que trava a economia e impede o pais de rodar, gerar empregos, arrumar as estradas, cuidar da saúde e da segurança de seu povo. Não é o tabelamento dos fretes que impede o crescimento e a geração de empregos do país não. Quem atrapalha tudo isso são os políticos fascinados pelo poder e dinheiro que são os responsáveis pelo desequilíbrio das contas e custos das coisas nos seus diversos seguimentos. Porque não falar em redução da carga tributária, de abaixar o preço dos combustíveis, de aumentar a oferta de emprego? Prefere mexer com quem trabalha sobre rodas e exploralo ao extremo, pois, de exploração o motorista conhece bem e sente na pele.
    É explorado até pra tomar banho e fazer suas necessidades fisiológicas, e agora parece que até a autoridade máxima está querendo chancelar essa exploração.
    Alerta sra. Tudo que estica demais um dia pode arrebentar e assim não haverá condições de remendar a corda.

    • 09/04/2019 em 22:59
      Permalink

      Essa ministra está sendo enfruenciada pelas poderosas transportadoras e milionários . não está procurando se aprofundar em saber como funciona o transporte com os motoristas autonomos que tem família e muito gastos com pedágio e desgastes de seu caminhão .
      Espero que o sr presidente continue nos olhando com carinho para essa classe tão sofredora e oprimida…

  • 09/04/2019 em 19:44
    Permalink

    Essa tabela nunca vai melhorar o quê precisava não era aumentar o frete é sim baixar o preço do óleo para os caminhoneiros

  • 09/04/2019 em 19:34
    Permalink

    Nosso sonho era a tabela agora aparesse essa ministra que não sabe o que está falando e vem falar que falou com caminhoneiros faça cumprir o que é lei e pague a tabela seja no mínimo justa…

  • 09/04/2019 em 19:29
    Permalink

    Senhor presidente a taxa da União do tacógrafos pra renovação é de quase $ 300 reais

  • 09/04/2019 em 19:28
    Permalink

    Será que joguei meu voto fora agora ministra quer acabar com a tabela nem pensar põe a mão na consciência tem que fazer pagar a tabela veja só os caminhões não ganha nem pras despesas…

  • 09/04/2019 em 19:25
    Permalink

    Sou caminhoneiro tenho um Caminhão 3/4 E não tô conseguindo atualizar a ANTT porque a taxa é muito cara

  • 09/04/2019 em 19:07
    Permalink

    Pelo jeito vai continuar como os coxinhas, que continua ao lado dos produtores, empresários e comerciantes.
    Novamente e o trabalhador final que vai ficar no prejuízo.
    Enquanto os empresariado fica com a fatiabgorda

  • 09/04/2019 em 18:51
    Permalink

    Se o governo federal tirar de vez a tabela do frete então tem que baixar o diesel para 1.50 se o governo conseguir sustentar o país com isso poderemos viver com frete abaixo do combinado e tirar toda essa falcatrua da antt que até agora nada de bom tenho visto colocar mais segurança nas estradas e deixar de nós perseguir somos humilhadas escravizados por uma facção governamental somo nós quem transportar o país nas costas e outra os trens não se movimenta com água e quem vai pagar o combustíveis dos mesmo lógico que somos nós trabalhadores oprimidos por políticos que só pensam no seu umbigo indignação total somos seres humanos.

    • 09/04/2019 em 19:24
      Permalink

      Indiguinado, E com tanta vergonha deste País…onde temos que pagar tantos impostos , multas , Nos brasileiros temos que acordar e rei indicar os nossos direitos …deixar de lado o comodismo no qual vivemos no lema quê é ,Tá ruim mas tá bom ….vergonha de ser Brasileiro …

  • 09/04/2019 em 17:11
    Permalink

    Essa anta só vê o lado dos mais favorecidos enquanto os mais fragilizados que são os caminhoneiros ela quer que se ferrem, não é excelentíssima ministra. Pq ela não propõe uma baixa nos impostos e nos salários exorbitantes dos políticos, mais isso não pode pois iria mexer em seus bolsos inclusive no seu não é ministra, vá a 💩.

  • 09/04/2019 em 14:49
    Permalink

    Pois é, essa filha de uma porca está vendo o lado dos agro produtores, que sao bem pobrezinhos, enquanto que o nosso lado que se foda. Vai chupar um canavial de rola!!

  • 09/04/2019 em 14:11
    Permalink

    Ela deve trepar com algum dono de empresa do ramo, é mais uma que vai cair logo Primeiro foi o ministro colombiano, agora é essa mulher sinistra feia e doente falando merda

  • 09/04/2019 em 13:58
    Permalink

    isto já é confirmado a muitos anos alguém recebe propina para defender a escravidão no transportes porquê que está ministra chega e fala eu vou avaliar as partes pois de um lado os travessador não pode perder milhões que ganham nas costas dos otários do outro os propineiro e mais os corruptos será que está senhora já fez uma pesquisa para ver quanto um produtor rural ganha num litro de leite que vende para o atravessador isto é que ela tem que analisar e colocar regulamento nas coisas e coibir estes atravessador que fica aí contaminado os andamento do mercado e jogando o problemas para o transportes

  • 09/04/2019 em 13:57
    Permalink

    Falar em tirar o piso mínimo de frete e fácil ! Porque não tiram o tabelamento dos produtos que o Agronegócios planta ? Porque não tiram os baixos juros para essas “grandes” empresas ? Porque não cobram delas o mesmos juros que cobram da gente pobres autônomos ? E porque permitem que essas “grande” empresa financiem caminhões a juros mínimos com grandes carencias para começarem a pagar (quando não paga e devolvem para o BNDES ), sucateado ! E porque permitem que coloquem placas vermelhas de aluguel ? Já que compraram com recursos do governo com regalias com plevilegio nada mais justo que transportem somente o que produz não dando carona para carga ! Tirando serviço dos autônomos ?

    • 09/04/2019 em 21:30
      Permalink

      E como somos o degraus destes politicos que so defendem entre eles ,nós caminhoneiros que pagamos tudo ….porque essa ministra vem andar um dia todo nessas estrada do corredor da extração de tudo e nos pagamos ate descarga pros propio dono da carga ,vem ministra viaja nas estrada onde nos estamos arriscando nossa vidas nesses carriador sem respeito por nós! Cade o caminhoneiro de gravata?tem os sem banhar ,os de bermudas enfreta noite e dia pra entrega os produtos no dia certo se atrasar nos pagamos o atraso,ela tem que andar mais de carro não de avião. ..e minha magoa….adolfo de mato grosso

  • 09/04/2019 em 12:47
    Permalink

    Essa ministra q vá ….. pega um caminhao e trabalhar ai vai saber o q é viver na estrada e fuca escutando esse bando de chupim falar mal de caminhao e a tabela, aposto q ela tem uma tabela pra receber o salario de ministra.

  • 09/04/2019 em 12:45
    Permalink

    Fala isso porq tá la ganhando 30mil por mês sem fazer nada bota ela num caminhar e trabalhar 20horas por dia qe dai vai mudar de ideia

  • 09/04/2019 em 12:44
    Permalink

    Ótimo!
    Essa tabela é uma piada.
    Quem gosta de tabela, que vá para cuba, lá tudo e tabelado!
    Se acham que o frete é muito baixo, vendam o caminhão e vão fazer outra coisa na vida!

    • 09/04/2019 em 12:49
      Permalink

      qdo vc sentar pra comer na sua casa fica sabendo q quem transportou seu alimento foi um caminhão.

    • 09/04/2019 em 17:32
      Permalink

      Se a fila não for muito grande, vamos comer sua mãe

    • 09/04/2019 em 17:34
      Permalink

      Ela deve ta cobrando preço de tabela do sindicato das lutas né

    • 09/04/2019 em 20:09
      Permalink

      Ok vender pra quem. …com mais 13 milhões de desenpregados eu tenho caminhão também e o que mais tem e caminhão a venda outra coisa vender e fazer o que?

    • 09/04/2019 em 20:37
      Permalink

      Vai tomar no cu seu arrombado.vai tabelar a tua mulher aquela biscate

    • 10/04/2019 em 02:00
      Permalink

      Isso vamos tirar o tabela minima… Entao nao precisa ter o SALARIO MINIMO tb. Pois eu como empresário posso contratar pelo valor que eu quiser se o funcionário aceitar. Nao acha?

  • 09/04/2019 em 12:35
    Permalink

    Sra Ministra agricultura acredito que VSR não sabe nem oq fala porq é que no Brasil a senhora deseja acabar com tabela de frete? Vá na Europa e confira a qualidade de vida dos caminhoneiros e o estado dos veiveícu na euro, sabe porq? Porq lá na Europa tem rígidas tanto para as empresas como para os caminhoneiros a lei serve para todos por igual todos sabem seus deveres e obrigações.
    Já no Brasil e um país sem lei, onde que só prevalece a lei para os caminhoneiros autonomos e para os pequenos, olha as condições que nós camonhoncami vivemos devendo e andando sufocados sabe porq? Os grandes empresários em todos os setores so querem lucros e mas lucros, no Brasil rodovias destruídas, pedagios caros é mal qualidade em seus serviços sabe porq? Porq não tem uma fiscalização do governo nosso Brasil não tem lei se existisse que vc para todos(a).
    Impostos absurdo onde vários empresários fecham suas empresas porq não aguenta pagar as cargas tributárias de nosso pais, nao tem geracag de empregos e renda por causa de carga tributária.
    Sra ministra compre um camocami é coloque para rodar como autônoma para vsr sentir o que caminhoneiros autonomos sentimos, combustível um absurdo, peneus absurdos, pedagios absurdo, e muitos más, sabe porq tudo isso porque nosso país nan tem lei tudo e farssa enganações, mentiras. Nós brasileiros sofremos em todos os setores industriais, agriculas etc.
    Compre um caminhão VSR Ministra e Fassa um teste deposi tome decisões ok.
    Se nosso Brasil tive leis durar e brandas para todos por igual nós vivemos diferentes sem dificuldade em nossa vida.

  • 09/04/2019 em 12:33
    Permalink

    É fácil pra quem não entende e não tem caminhao,deixe o conforto da sua casa,fique longe da sua família a maior parte de sua vida,trabalhe de segunda a segunda e no final suas contas tem que ser renegociadas pra quem tem um salário bem acima da média do resto dos brasileiros é fácil falar ,abra mão das regalias e viva ou sobreviva com um salário de +-r$3000,00 Por mês quando sobra .sem o status de ministra

  • 09/04/2019 em 12:08
    Permalink

    perversa e vc trabalhar praticamente 24 horas por dia e nao poder pagar suas contas e levar dignidade para sua familia isso sim e pervesso como sempre vcs acha q deve tirar dos mais fracos s isso acontecer nois vamos a rua denovo

  • 09/04/2019 em 11:50
    Permalink

    outra greve e ela pensa melhor

    • 09/04/2019 em 12:14
      Permalink

      Na verdade o governo esta demorando muito pra rever o preço dos insumos agrícolas, petróleo e caminhão. Nos EUA o transporte é menor dos custos para o agricultor. Aqui o petróleo e trasporte é o maior custo. A culpa é do governo.

      • 09/04/2019 em 12:38
        Permalink

        Ministr Tereza ja no comeco falando asneira

      • 09/04/2019 em 14:58
        Permalink

        Sou caminhoneiro e como a maioria de nossa classe eu também votei no Bolsonaro, mas francamente e muita marolinha muita conversa fiada e nada, está na cara que estão nos levando no papo nos empurrando com a barriga agora vem essa ministra falar asneira pois bem, vamos marcar data para fazer nova paralisação desta vez pra valer tudo ou nada???

    • 09/04/2019 em 12:43
      Permalink

      Olhar geral. Perversidade é com todo trabalhador brasileiro, não só com os caminhoneiros. Vocês trabalham 24 horas por dia, e 14 milhões nem trabalho tem. O frete tá defasado, e o salário do trabalhador que ainda tem trabalho, como esta?

      • 09/04/2019 em 12:52
        Permalink

        acho q o nome dessa ministra e tereza cristina MAGGI OU CARGILL

Fechado para comentários.