Empresas canadenses fazem falcatrua para evitar contratação direta de motoristas

A Teamsters Canada, um sindicato canadense que representa mais de 125.000 membros em todos os setores, está fazendo um alerta público no país sobre uma falcatrua de diversas empresas de transporte para evitar a contratação direta de caminhoneiros.

Chamado de Driver Inc, o golpe acontece quando as empresas contratam os caminhoneiros como se fossem pessoas jurídicas, com o “aluguel” de um caminhão da própria frota para esse motorista. O aluguel é falso, e é uma forma de evitar o pagamento de tributos trabalhistas.

Esse golpe é uma ampla fraude fiscal que acontece com a classificação incorreta dos funcionários. Os motoristas que são convencidos a participarem dessa fraude geralmente entram no esquema com promessas de ganhos maiores, pelo não pagamento de impostos.

Isso é parcialmente verdade. Como a empresa sonega quase todos os impostos que seriam pagos em uma contratação direta de um funcionário, parte desse imposto é pago aos caminhoneiros, o que aumenta os ganhos imediatamente.

O alerta fica por conta da falta de proteções e direitos garantidos aos trabalhadores canadenses.

Caso sofram um acidente, tenham filhos ou sejam demitidos, eles ficam sem auxílios do governo, como pensão temporária, licença parental remunerada ou seguro-desemprego, entre outros, além de não contribuírem para o fundo de pensão para aposentadoria.

Outro alerta feito pela Teamsters é que os caminhoneiros terão mais dificuldades para receberem horas extras, licenças remuneradas, férias e folgas exigidas na legislação do país.

Devido ao aumento considerável na escala do esquema, a Agência de Receita do Canadá está realizando um pente fino em milhares de empresas, buscando qualquer indicativo de operação da “Driver Inc.”

Caso algum caminhoneiro e empresa sejam flagrados, terão que pagar multas e também recolher todos os impostos devidos retroativamente, o que poderá custar centenas de milhares de dólares.

“Se a empresa está disposta a infringir uma lei, provavelmente também está disposta a infringir outras. As vítimas do golpe ‘Driver Inc’ geralmente relatam ter problemas para serem pagos por seu trabalho, sendo forçados a trabalhar perigosamente por longas horas ao volante e sendo forçados a operar veículos inseguros”, destacou o sindicato, em nota.

Um levantamento mostra que mais de US$ 1 bilhão por ano podem deixar de ser pagos em impostos com o golpe.

Deixe um comentário!

Ford AA Konings Siam – O curioso caminhão duplo da década de 1930 Conheça a rodovia mais longa do Brasil Velho caminhão americano é transformado em carro de passeio muito estiloso Você sabia que o 1° FNM produzido no Brasil era bicudo Conheça os coloridos caminhões do Paquistão