PRF descobre desmanche de caminhões em meio à mata

por Blog do Caminhoneiro

Nove veículos com registro de roubo ou furto foram recuperados e duas pessoas presas numa ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com apoio das polícias Militar e Civil. A operação aconteceu em uma região de mata, nas proximidades da BR 364, em Diamantino/MT.

Os PRFs receberam informações que no local havia veículos sendo desmontados. Com apoio da Polícia Civil e do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) do Mato Grosso, o desmanche foi localizado.

A ação iniciou na sexta-feira (26) e se estendeu até a tarde de sábado. Nove veículos, entre eles cavalos trator, semirreboques e caminhões, foram encontrados, alguns já desmanchados e outros inteiros, peças de veículos também foram localizadas.

Dois homens foram presos no local, em que havia uma espécie de acampamento, distante 11 quilômetros da margem da rodovia. Ali os veículos tinham as peças retiradas para serem vendidas.

Os veículos, as peças e os presos foram encaminhados à Polícia Civil de Diamantino, que dará continuidade na investigação para descobrir como o grupo agia e quem são as demais pessoas envolvidas.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

5 comentários

Amaury 30/04/2019 - 20:19

Esse blo de merda só da informação pela metade.

Reply
Sidney 30/04/2019 - 19:01

Tivemos caminhão roubado em SP última localização em Ponta Porã ms talvez possa estar neste local como consigo mais informações sobre o assunto

Reply
Luiz Carlos Carlos 30/04/2019 - 18:05

FALTA PRUBLICAR AS PLACAS .COM CIDADE E ESTADO

Reply
Neander f cruz 30/04/2019 - 15:20

Amém Jesus já passou da hora de dar um jeito de acabar com esta máfia de roubos o problema é que os grandes mandantes por trás disso tudo nao São presos e parabéns pelo trabalho da polícia quando eles querem vai atrás e fazem os tem de ser feito

Reply
Daniel 30/04/2019 - 13:15

Meus parabéns aos policiais pelo bom trabalho prestados em favor a nossa classe sofredora

Reply

Escreva um comentário