No Dia da Mata Atlântica Scania anuncia parceria com a Fundação SOS




A Scania é a mais nova parceira da Fundação SOS Mata Atlântica. O acordo consiste no plantio de mudas de árvores nativas da Mata Atlântica para compensar uma parte do CO2 gerado pelo processo produtivo da empresa em sua fábrica de São Bernardo do Campo (SP). O local escolhido recebeu o nome de “Floresta Scania”, e está localizado nas margens da rodovia Dutra em frente ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, localizada na cidade de Aparecida (SP).

A forma de contabilizar a compensação foi definida em duas frentes: pela quantidade de caminhões, ônibus e motores industriais, marítimos e para grupos geradores de energia vendidos (na parte de produtos) e pelo número de financiamentos e cotas de consórcio vendidos (braços financeiros) num ano.

Neste primeiro momento, a cada caminhão, ônibus, motor, financiamento ou cota de consórcio vendidos será plantada uma muda. No final de 2018, a “Floresta Scania” recebeu 18 mil mudas, relativas a 15 mil produtos vendidos e 3 mil financiamentos do Scania Banco. Uma compensação de 3.000 toneladas de CO2. Para 2019, mais um reforço, com a entrada do Consórcio Scania. O planejado para este ano serão 25 mil mudas, divididas em 17 mil alusivas aos produtos vendidos, 4.500 via financiamentos do Scania Banco, 3 mil de cotas de consórcio, e mais outras 500 provenientes de uma expansão na fábrica de São Bernardo do Campo (SP). Ou seja, em dois anos, serão 43 mil mudas plantadas (de mais de 100 espécies diferentes) e 7.200 toneladas de CO2 compensadas. O plantio de 2019 deverá começar no último trimestre.

“Com a chegada da Nova Geração de caminhões da marca, em novembro de 2018 e apenas dois anos após o lançamento na Europa, a fabricante resolveu dar mais um passo em sua jornada para liderar a transição para um sistema de transporte mais sustentável”, afirma Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil.

“É um grande passo iniciar uma parceria tão séria, e que irá crescer, pois temos planos ambiciosos. O trabalho da SOS Mata Atlântica é apaixonante. Estamos orgulhosos de compensar uma parte do CO2 gerado no processo produtivo, e de ter ao nosso lado nossos braços financeiros do Scania Banco e do Consórcio Scania. Nossa missão estabelecida em liderar a transição para um sistema de transporte mais sustentável ganha mais uma importante ramificação. Além disso, a Nova Geração já está economizando mais diesel (promessa de até 12%) e consequentemente diminuindo as emissões, na comparação com a linha anterior de caminhões”, completa Barral.

“O entendimento das empresas sobre seu papel para o desenvolvimento sustentável é fundamental para a melhoria da qualidade de vida da sociedade a partir da conservação ambiental. Poder estar ao lado de uma empresa que também pensa assim é um orgulho para nós”, afirma Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica.

Transformação social das comunidades próximas

Todo o processo de plantio das mudas está contribuindo regionalmente para a geração de trabalho e renda na região de Aparecida. Na implantação das 18 mil mudas, a SOS Mata Atlântica articulou-se com três viveiros locais e um prestador de serviços para contribuir, diretamente, no envolvimento das comunidades do entorno.