Estudos para concessão da BR-163 são aprovados

O Ministério da Infraestrutura publicou no Diário Oficial da União de sexta-feira, 31 de maio, a aprovação dos estudos técnicos para concessão da rodovia BR-163/230, entre os estados do Mato Grosso e Pará, nos trechos entre a MT-220 e a BR-230, e entre a BR-163 até Miritituba, no município de Itaituba-PA.

A extensão total da rodovia é de 970,2 quilômetros, e a previsão do Ministério da Infraestrutura é de que o leilão da rodovia atraia varias empresas, já que o trecho é uma das rotas mais importantes para escoamento da produção.

Os estudos serão encaminhados à ANTT para a abertura de uma Audiência Pública. Os detalhes serão divulgados em breve.

O trecho rodoviário em questão integra o Sul ao Centro-Oeste e Norte do Brasil. Constitui eixo fundamental para escoamento da produção da parte paraense da Região Norte e norte da Região Centro-Oeste, além da ligação ao Porto de Miritituba-PA ou ao terminal ferroviário de Rondonópolis-MT.

DESPACHO Nº 28, DE 30 DE MAIO DE 2019

REFERÊNCIA:

Processo nº 50000.007336/2019-90

INTERESSADO:

Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT.

ASSUNTO:

Estudos técnicos para a concessão da BR-163/230/MT/PA.

Considerando o Relatório nº 17/2019/CPOR emitido pela Comissão Permanente de Outorgas Rodoviárias, constituída pela Portaria Interministerial nº 2, de 12 de junho de 2017, que aprovou os estudos técnicos da BR-163/230/MT/PA, bem como a Nota Técnica nº 23/2019/CGOR/DTROD/SNTT emitida pelo Departamento de Transporte Rodoviário da Secretaria Nacional de Transportes Terrestres e a manifestação emitida pela Consultoria Jurídica por intermédio do Parecer nº 00373/2019/CONJUR-MINFRA/CGU/AGU, de 23 de maio de 2019, e tendo em vista a Portaria nº 529, de 8 de novembro de 2018, que estabeleceu os procedimentos para a doação de estudos visando a concessão da BR-163/230/MT/PA e tornou público o interesse do Ministério da Infraestrutura em receber estudos técnicos para a concessão da BR163/230/MT/PA, nos trechos compreendidos entre a MT-220 e a BR-230(A) e entre a BR-163(B) e Miritituba (município de Itaituba/PA), resolvo considerar os estudos técnicos doados pela Empresa Hidrovias do Brasil S. A. (HBSA) como vinculados à concessão e de utilidade para a licitação.

Esta aprovação fica vinculada à prestação do Apoio Técnico, que consistirá no auxílio pela HBSA:

a) aos ajustes necessários aos estudos técnicos e ao Programa de Exploração da Rodovia;

b) à ANTT, nas tarefas de submissão aos Processos de Participação e Controle Social; na elaboração do Plano de Outorga; nas adequações demandadas pelo Tribunal de Contas da União – TCU; e na alteração dos documentos editalícios.

Esta aprovação:

I) não gera direito de preferência para outorga da concessão;

II) não obriga o Poder Público a realizar a licitação;

III) não cria, por si só, qualquer direito ao ressarcimento dos valores envolvidos na sua elaboração, nem pela Administração Pública Federal nem pelo eventual futuro concessionário da rodovia;

IV) é pessoal e intransferível; e

V) não implica, em hipótese alguma, co-responsabilidade da União perante terceiros pelos atos praticados pela empresa HBSA.

TARCISIO GOMES DE FRETIAS

Ministro

QUER RECEBER NOSSOS CONTEÚDOS NO SEU WHATSAPP?
MANDE UMA MENSAGEM COM SEU NOME CLICANDO NO NÚMERO

042-98800-6519





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


Um comentário em “Estudos para concessão da BR-163 são aprovados

  • 03/06/2019 em 22:35
    Permalink

    Tirando base no trechos em que a concessionária já está operando em mais de três anos e em mas condições ninguém fiscalisa. só pagamos o pedágio a espera de melhoria e lamentável um tiro no pé

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!