Projeto que aumenta pontos na CNH será apresentado nesta semana por Bolsonaro

O Presidente Jair Messias Bolsonaro afirmou ontem, 02 de junho, que o projeto de lei que aumenta a pontuação e o tempo de validade da Carteira Nacional de Habilitação será apresentado nesta semana.

Com a medida, a validade da CNH irá passar de 5 para 10 anos para quase todos os brasileiros, com exceções por questões de idade ou de alguma deficiência, e o número de pontos, atualmente em 20, passará para 40.

O presidente postou também um vídeo onde elogia o trabalho que o Exército Brasileiro está fazendo na recuperação da BR-163, que é mais barato e eficiente, e afirmou que o trabalho dos militares nas obras das rodovias reduziu o interesse de políticos em ocupar cargos no DNIT.

O presidente também voltou a afirmar que fará o possível para acabar com os radares nas rodovias, que servem para alimentar a indústria das multas e não para proteger os motoristas.

Como informado pelo Governo Federal em abril, as mudanças na CNH irão beneficiar os bons motoristas, e punir com mais rapidez os motoristas que sejam responsáveis por crimes de trânsito, incluindo direção sob efeito de álcool ou drogas.

O projeto também torna o uso de simuladores em auto-escolas opcional. Atualmente todo aluno que pretende obter a CNH B precisa fazer aulas nos simuladores das auto-escolas, o que aumenta o tempo e o custo para obtenção do documento.





2 comentários em “Projeto que aumenta pontos na CNH será apresentado nesta semana por Bolsonaro

  • 06/06/2019 em 18:29
    Permalink

    COMENTÁRIO

    Não sou favorável às ações desse governo, pois tudo faz para tirar direitos dos menos favorecidos e proteger o capitalista. Mas nessa decisão apresentando esse projeto, sou a favor.
    Primeiro o que existe é, uma verdadeira roubalheira do nosso suado salário e todos querem roubar um pouquinho.
    Segundo nada é feito para proteger-nos e sim para nos manter prisioneiros dessa cambada de desocupados que fazem e buscam leis somente para arrecadar de quem trabalha.
    Um absurdo sermos punidos duas vezes pelo mesmo “crime”, ou seja, recebemos a multa de depois nos pune com os pontos na habilitação, nem sei se isso é legal!
    Penso que nenhum “crime” deve sofrer duas punições, ou multa ou incluem pontos na carteira.
    Pergunto o porquê de alguns anos passados a validade da CNH era até o condutor completar 40 anos, se tirava com 18 anos, ficava por 22 anos sem renovação.
    Depois incluirão essa forma de ter de renovar a cada 5 anos, e as clinicas enchendo os bolsos, creio que todos são vinculados a autoridades de os Detrans.
    Não existe preocupação com segurança porcaria nenhuma, do contrário usaria esses recursos arrecadados em prol da categoria como construção de pátios para estacionar e pontos de apoio ao caminhoneiro que em muitas vezes tem de rodar por horas a fio a fim de encontrar um local para pernoitar.
    Somos surrupiados de todas as formas, incluíram a obrigatoriedade da 3a placa a tal de faixa refletiva com a indicação da placa, depois inseriram a obrigatoriedade de instalação da inscrição da ANTT na lateral do caminhão que foi anulada e servia exclusivamente para premiar os “sindicatos” de faixada que tinha a outorga pra imprimir o famigerado adesivo que na primeira lavada sumia o código de inscrição.
    A poucos nos forçaram a fazer o exame toxicológico que também só atende interesse de laboratórios e não serve pra nada, pois o condutor fica 90 dias sem consumir substâncias psicoativas, renova a CNH e tem 5 anos para abusar como mais lhe convêm, nunca assumiram a responsabilidade de fazer o exame in-loco para pegar os usuários e somente para profissional, pois estão todos “ocupados” e não tem tempo para isso. Sabemos que a grande maioria dos casos de consumo de drogas licitas ou ilícitas acontece entre motoristas que não tem a a CNH como profissional, exemplos? vá aos barzinho nas cidades e beira de estradas para constatar e as autoridades são os únicos que não sabem onde estão essas pessoas. Ainda devemos lembrar do selinho no para-brisa indicando que pagamos o imposto do veiculo, e a bolsinha de primeiros socorros? Haja roubalheira! E por fim, tem de acabar com tantas mazelas protegidas por leis absurdas para render lucros em cima dos caminhoneiros.

  • 03/06/2019 em 11:08
    Permalink

    para os mais idosos não vai mudar nada não somos iguais perante as leis

Fechado para comentários.