Senado derruba decreto de Bolsonaro que permitia porte de armas a caminhoneiros

Em uma votação nesta terça-feira, 18 de junho, o Senado Federal derrubou o decreto do presidente Jair Bolsonaro que facilita a obtenção do porte de armas para diversas categorias, incluindo os caminhoneiros. A votação terminou em 47 votos contra o decreto e 28 a favor.

O texto irá seguir para análise na Câmara dos Deputados em regime de urgência, indo direto para o plenário. O presidente usou as redes sociais para dizer que espera que a Câmara dos Deputados não siga o Senado, “mantendo a validade do nosso Decreto, respeitando o Referendo de 2005 e o legítimo direito à defesa“.

LEIA MAIS  Novo Actros é apresentado com câmeras no lugar dos retrovisores na Fenatran

O decreto foi apresentado pelo Presidente no dia 07 de maio. 15 dias depois ele foi alterado, com a publicação de um novo decreto. Essa alteração proibiu cidadãos comuns de adquirirem armas longas, como fuzis, espingardas e carabinas.

A sessão do Senado foi intensa, com debates entre senadores favoráveis e contrários à proposta.

LEIA MAIS  PRF realiza Operação Carga Segura na Rodovia Washington Luiz no Rio de Janeiro

Entre as categorias que passaram a ter o porte facilitado com o decreto do Presidente estão os caminhoneiros. A medida foi muito comemorada pelos motoristas de caminhão, que vivem sob alta risco, com assaltos, roubos de cargas, roubos de pneus e roubos dos veículos.




16 comentários em “Senado derruba decreto de Bolsonaro que permitia porte de armas a caminhoneiros

  • 23/06/2019 em 17:52
    Permalink

    Os cidadãos de bem não podem ter porte de armas,mais políticos podem e até ter seguranças pagos com dinheiro público.

  • 21/06/2019 em 17:30
    Permalink

    Sou caminhoneiro a mais de 45 anos e nunca precisei de carregar uma arma! Penso que elas nunca ajudariam mais seriam usadas por pessoas que já tem em seu DNA a índole assassina!
    Pensar que armas nos livrariam de assaltos é uma simplicidade enorme, pois o assaltante está preparado para a ação e nós não. Já vi companheiros atirar em outro motorista por uma simples discussão que nada tinha de anormal, mataram o chico no posto em V. da Conquista há uns 35 anos ou mais.
    O que precisamos é de nos sensibilizar com o próximo e pensar que sempre podemos fazer algo para baiar os “ânimos” daqueles que ão mais exaltados e nervosos. isso sim, mudaria a situação. Armas só serviriam para aumentar o numero de assassinatos por coisas banais como uma fechada sem intenção, uma forçada de ultrapassagem, uma discussão pelo time de futebol, por um frete mal sucedido, ou até mesmo por um farol alto durante um cruzamento e por ai vai!

  • 20/06/2019 em 17:12
    Permalink

    O que vou postar aqui pode até ser apagado pelo Administrador do blog, então caros amigos, se vocês lerem isto, por favor, expliquem.

    Tem políticos em Brasília e nas prefeituras deste imenso país envolvidos com TRÁFICO DE ARMAS, ou seja, se ESTES votassem à favor do decreto do Bolsonaro, automaticamente PERDERIAM seus lucros ilícitos da venda de armas pra milícias e traficantes.

    Como que os bandidos pés de chinelo dos morros cariocas conseguem comprar fuzis AK-47 e AR-15? Além de granadas, bazucas, escopetas, metralhadoras e até lançadores de foguetes? Muito simples, porque tem mafiosos dos GRANDES que comandam uma imensa rede de comércio ilegal dessas armas, e isso dá MUITO MAIS DINHEIRO do que os impostos que seriam arrecadados através das vendas legais que a Taurus iria fazer se o decreto fosse adiante!

    Resumindo tudo: tem uma MÁFIA infiltrada em Brasília, com ramificações em todo o país! Se quisermos ver mudanças, teremos que sair de onde estamos para ir às portas dos quartéis das Forças Armadas PROTESTAR contra essa corrupção toda e EXIGIR uma Nova Assembléia Constituinte para reformular todas essas nossas Leis ultrapassadas que privilegiam ladrões e criminosos de todos os tipos.

    Não estou sugerindo um Governo Militar, mas sim uma intervenção temporária, com o Exército fechando o Congresso para a realização de uma Assembléia Constituinte Popular. Temos que recomeçar a Constituição Federal, TUDO DE NOVO! O remédio é amargo mas não tem outro jeito!

    • 20/06/2019 em 17:14
      Permalink

      Escrevi errado no primeiro parágrafo por causa da porcaria do corretor ortográfico do celular.

      Quis dizer: se vocês lerem o que postei, REPLIQUEM antes que o Adm apague!

  • 19/06/2019 em 21:48
    Permalink

    Porque não podemos nos defender ? Porque que não temos os mesmos direito que um político?…no que são melhores ?….sua família vale mais…???….porque os bandidos podem usar armas ?

    • 20/06/2019 em 09:47
      Permalink

      Se nós caminhoneiros ñ podemos ter armas para nos defender de bandidos vagabundos Pq os políticos precisão de segurança armados c ñ transportam o progresso assim como nós……????

  • 19/06/2019 em 19:57
    Permalink

    Cambada de vagabundos,será que eles tem participação nesses roubos? Safados.

  • 19/06/2019 em 18:57
    Permalink

    Roubo de cargas só de falar em porte de armas caiu 40% no roubo de cargas mas os ladrões senadores estão agradecidissimos por isso podem voltar a agir onde vem isso ok o povo tem que ficar atentos a isso isso parece que é bom para seguradoras e indústrias ok.

  • 19/06/2019 em 18:50
    Permalink

    Bão dimais ladrão de carga agradece e motorista não tem moral mesmo se tivesse fariam uma greve e paravam o país dos senadores e deputados os donos do país, mas os drogados que andam de carrões que roubam os motorista ficam agradecidissimos mandado abraços e agradeicimentos. Meus parabéns aos homems honestos do senado. O projeto do presidente não vale nada era só ir lá e comprar a arma não ia ter uma triagem da índole da pessoa por isso que não passou abrigado homens do senado.

  • 19/06/2019 em 18:16
    Permalink

    Eu sou a favor com algumas ressalvas, tem que ser algo muito bem implantado, com regras e responsabilidades claras, teria que ser atualizada as Leis penais também, e outros pacotes como uma corregedoria das policias mais rígida e mais eficaz, afim de que os próprios policiais deixem de usar suas credenciais para facilitar a chegada de armas ilegais nas mãos dos bandidos, precisariamos de uma policia mais alerta e mais bem armada, um patrulhamento aéreo das fronteiras com radares e caças para abater os não identificados, enfim, dar uma arma na mão do cidadão seria só o começo!

  • 19/06/2019 em 16:34
    Permalink

    Bando de filhos da puta… Pra ajudar esse bando não faz nada… Porte de arma é pra quem quer e não obrigatório a todos…

  • 19/06/2019 em 16:15
    Permalink

    Tem que tirar a segurança privada dos Senadores como guarda costas

  • 19/06/2019 em 15:15
    Permalink

    Esses “SENADORES” hipócritas que votaram contra, são um banfo de sujos. Eles votaram xontra mais NÃO abrem mão dos seguranças deles. Terá próxima eleições vamos lembrar desses VAGABUNDOS

    • 19/06/2019 em 16:36
      Permalink

      Isso mesmo… Nas próximas eleições vamos nos lembrar desses desgraçados…

  • 19/06/2019 em 15:07
    Permalink

    E simplesmente um bando de vagabundos que não respeita os direitos do povo passou da hora do povo brasileiro se unir e arranca essa raça de vagabundos do poder

  • 19/06/2019 em 15:06
    Permalink

    A Democracia é a voz do povo. Em 2005 ficou claro que a população deveria exercer seu direito de possuir arma, claro, dentro dos limites da lei. Em nosso país a voz do povo não tem eco entre os políticos que deveriam se envergonhar do quanto ganham para fazer a sua própria vontade. Estão lá para fazer a vontade do povo que os elegeram, mas parecem não saber disso. Nem nos governos militares exerciam tamanha ditadura que hoje vemos no Congresso, no judiciário, etc.

Fechado para comentários.