5 dicas da Continental para aumentar a vida útil dos pneus de carga




Aproximadamente 60% de toda carga que é transportada no país é levada pelas rodovias e cerca de 2 milhões de caminhoneiros percorrem diariamente as estradas do Brasil com a difícil responsabilidade de entregar cargas dentro do prazo e em perfeitas condições. Rafael Figueiredo, especialista de produto da Continental Pneus, relaciona cinco dicas simples para aumentar a vida útil dos pneus de carga:

Utilizar o pneu correto

O uso do pneu correto só traz vantagens, entre as quais mais segurança e conforto ao motorista e uma maior rentabilidade na operação. Cada segmento do transporte, seja de carga ou pessoas, possui uma determinada necessidade. Veículos que operam em perímetro urbano devem optar por pneus desenvolvidos para esse segmento, pois eles possuem talões mais resistentes para enfrentar as altas temperaturas e laterais reforçadas para resistir aos constantes impactos com o meio-fio. Já veículos que trafegam em estradas e rodovias asfaltadas ao redor das cidades devem utilizar pneus Regionais, aptos a operar em estradas sinuosas, com aclives, declives e variações de velocidade. Se a operação for predominantemente composta por estradas retas, planas, nas quais o veículo permanece por muito tempo a uma velocidade constante, pneus de Longa Distância são os mais indicados. Existem também os pneus Mistos, projetados para aplicação tanto em estradas asfaltadas como em trechos de estradas de terra e/ou pedra. Já os pneus fora de estrada, são utilizados em veículos que operam o tempo todo em estrada com alta severidade, como por exemplo em mineradoras;

Manter a calibragem dos pneus

Pressão abaixo ou acima da recomendada pelo fabricante é prejuízo na certa, afetando drasticamente não só a vida útil, mas contribuindo significativamente para um maior consumo de combustível, sem falar no comprometimento da segurança;

Realizar o rodízio

Para que o desgaste na banda de rodagem dos pneus do caminhão não ocorra de forma irregular, e assim maximizar sua durabilidade, é importante alternar a configuração entre os eixos com alguma regularidade. Além disso, o rodízio dos pneus assegura que o veículo tenha mais estabilidade, especialmente em curvas e frenagens, contribuindo para a segurança do condutor e de todos ao seu redor. O desgaste irregular pode ser influenciado por diversos fatores externos, como clima, estilo de dirigir do condutor, condição das vias nas quais o caminhão trafega e até mesmo a distribuição da carga e do próprio peso do veículo. O rodízio proporciona um desgaste mais equilibrado e, dessa forma, a vida útil dos pneus pode ser aumentada em até 20%;

Reformar com a banda de rodagem mais indicada

O pneu de caminhão representa um expressivo investimento que deve ser preservado. Por isso, é importante optar ao final de sua primeira vida útil por uma recapadora de confiança que possua uma operação altamente treinada e qualificada para realização do processo de reforma. Também é essencial garantir que a banda de rodagem a ser aplicada na carcaça seja a mais indicada para o tipo de aplicação;

Realizar manutenção periódica no veículo

Possibilita que a operação não seja impactada por paradas inesperadas, reduzindo assim os gastos com acidentes, proporcionando conforto e garantindo uma viagem segura.




Deixe sua opinião sobre o assunto!