Bolsonaro publica depoimento de caminhoneiro sobre pavimentação da BR-163

Um caminhoneiro publicou um vídeo nas redes sociais, mostrando um trecho da rodovia BR-163, entre Mato Grosso e Pará, próximo à cidade de Moraes de Almeida. O vídeo foi compartilhado pelo Presidente Jair Bolsonaro em suas redes sociais.

O caminhoneiro destaca o bom andamento das obras, que vem sendo realizadas pelo Exército, e lembra as dificuldades enfrentadas em anos anteriores.

O caminhoneiro, que não teve o nome divulgado, conta que em outras ocasiões chegou a ficar 22 dias atolado na rodovia, sem água e comida, e que chegava a pegar água da chuva para poder cozinhar. Na época, uma mobilização popular levou água e cestas básicas aos caminhoneiros presos na rodovia.

De acordo com o Governo Federal, a finalização da pavimentação deverá ocorrer até dezembro, quando a rodovia estará totalmente asfaltada, acabando com os atoleiros.

A maior parte do trajeto vem sendo pavimentada pelo 8º Batalhão de Engenharia e Construção do Exército Brasileiro, que vem batendo recordes na pavimentação e produção de CBUQ para as obras.

No último mês de Agosto, os militares produziram em apenas um dia, 1.980 metros de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) para as obras, que foram imediatamente aplicados na rodovia.

O militares já finalizaram o primeiro trecho, com 28 quilômetros, entre Moraes de Almeida e Miritituba. Além da pavimentação, eles trabalham dia e noite para sinalizar e dar acabamento às obras.

7 comentários

Antonio 09/02/2020 - 13:08

grande presidente Jair bolsonaro , grande exercito brasileiro, eu saúdo as forças armadas brasileiras composta por grandes brasileiros Trabalhadores,capazes e honestos. Credito sim pois saiu do papel, fizeram acontecer. Acabou a miseria de todos e dos caminhoneiros. Grande presidente Jair Bolsonaro , grande e glorioso exercito Brasileiro , eu os saúdos .

Reply
Claudio santos 13/09/2019 - 22:48

Poderia era mandar o ministro para dar uma passeada lá, já tem 5 dias se manifestaçao na Br. E mais de 70 km de cada lado os caminhoes q era para esta rodando produzindo estão parados. E as autoridades fecham os olhos e não resolve nada. Da um Pulinho, lá no Moraes almeida e veja como q está o pequeno problema.
Pelo alto vc ve melhor. E ve se resolve esse B.o.

Reply
Ezequiel Neto 13/09/2019 - 08:38

Aparece cada manifestação burra neste Blog tão importante e sério…Parece coisa de palpiteiros de plantão…E por caso Exército e DNIT não são governo? Por acaso são empresas privadas? Não se deve dar crédito a um governo que tomou a iniciativa de asfaltar a BR 163? Então pega teu caminhão (se és Camioneiro) e vai rodar nos atoleiros da Transamazônica…

Reply
Antonio 09/02/2020 - 13:15

concordo com você irmão ele não tem caminhao , e não são caminhoneiros. É por isso.

Reply
Laércio B. Santos 12/09/2019 - 20:43

Poderia fazer bem mais né, asfaltar todas as estradas brasileiras , ficariam bem melhor e com um custo bem abaixo, eu confio nas obras do exército, deveriam acabar com essa roubalheira das empreiteiras, pois além de roubarem o país nao fazem estrada e asfalto que preste.

Reply
Ezequiel Neto 13/09/2019 - 08:45

Acertadíssimo o comentário sobre o Exército. Os Batalhões de Engenharia e Construção prestam relevantíssimos serviços ao Brasil. Os preços caem pela metade em comparação com os das Empreiteiras que acrescentam nos custos a propina que pagam a governantes e políticos safados e corruptos. Ninguém levanta a voz para elogiar e reconhecer o que o Exército faz através dos Batalhões de Engenharia e Construção que dispõem de excelente corpo técnico; os melhores engenheiros fardados do País.

Reply
Jose carlos Dantas da silva 12/09/2019 - 20:13

Oque que governo atual tem a ver com essa obra ?
Resposta .nada essa obra foi iniciada em Setembro de 2017 .em um contrato firmado entre denit e exército .o contrato e de apenas65 km de rodovia.com prazo de finalizar em 2020.
Por tanto eu não vejo razão neuma para dar crédito para esse governo..

Reply

Deixe um comentário!

Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas Rebite – Um grande vilão nas estradas Volkswagen apresenta caminhão conceito Optimus