Presidente Bolsonaro irá investigar valor dos combustíveis nos postos

por Blog do Caminhoneiro

O presidente da república, Jair Bolsonaro, disse em sua live semanal pelo Facebook, na última quinta-feira, que irá iniciar uma investigação a respeito dos aumentos nos valores dos combustíveis nos postos. O valor subiu, apesar da Petrobras ter mantido os valores estáveis.

“Ontem mesmo, em Brasília, antes desse anúncio da Petrobras, que foi no final da tarde, começo da noite, alguns postos subiram 5%, levando-se em conta o ataque de drones à refinaria lá da Arábia Saudita. O preço continuava o mesmo, teve aumento aqui. Isso para mim é um abuso. A gente vai pra cima deles, tudo que estiver de acordo com a lei, puder defender o consumidor, nós faremos”, disse o presidente na última quinta, se referindo ao aumento dos valores do combustível pela Petrobras após os ataques contra refinarias na Arábia Saudita, que elevaram os preços do petróleo no mercado internacional.

A investigação ficará a cargo do Ministério de Minas e Energia, em parceria com a Agência Nacional de Petróleo (ANP) e também pelo Procon, que já investiga os aumentos abusivos.

Bolsonaro também afirmou que a Petrobras tem toda a autonomia necessária para definir sua política de preços, sem interferência do governo. Ele condenou os ataques terroristas contra a refinaria de petróleo na Arábia Saudita.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

1 comentário

Ezequiel Neto 23/09/2019 - 13:52

Certíssimo Presidente !! A rapinagem feita por Distribuidoras e Postos de Combustíveis tem que acabar. O caso é de enquadramento na Lei 8.137/90 que pune os crimes contra a ordem econômica, ordem tributária e relações de consumo. Nenhum centavo aumentou no preço do petróleo em razão do ato terrorista na Arábia Saudita. Enquanto isso, empresários criminosos do Brasil aumentaram os preços dos combustíveis se valendo desse incidente internacional. Para a cadeia não irão porque a Justiça Penal brasileira, com raríssimas exceções, só pune marginal pé de chinelo …Que venham então multas milionárias da ANP e dos PROCONS estaduais contra esses urubus inescrupulosos.

Reply

Escreva um comentário