Transgrãos compra 120 caminhões Axor para transporte de milho em espiga

por Blog do Caminhoneiro

A Mercedes-Benz realizou a venda de 120 caminhões extrapesados Axor 2536 6×2 para a Transgrãos, da cidade de Patos de Minas (MG), para uso no transporte de milho em espiga para produção de sementes de alta tecnologia. As entregas estão previstas para início de 2020, com programação mensal até agosto. Com isso, o cliente passa a contar com 530 caminhões da marca na frota, o que significa 90% do total de veículos.

Há 3 anos, a Transgrãos tem executado o plano de renovação de 100% de sua frota, recebendo em média 120 veículos por ano. Para Elias Caixeta, presidente da empresa, o Axor 2536 6×2 mostrou-se a melhor solução para o transporte de milho em espiga do campo para as unidades de beneficiamento, o chamado milho semente, que depois é utilizado no plantio. “Com este caminhão, utilizamos um semirreboque graneleiro de 13,60 metros de comprimento, o que nos dá uma excelente capacidade volumétrica de carga, que é o que precisamos”, diz o cliente. “Assim, o Axor 2536 6×2 oferece ótimo custo/benefício dentro do nosso modelo de operação de transporte de milho em espiga”.

Para Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, os caminhões Axor oferecem muito mais aos clientes. “Essa nossa linha de extrapesados é reconhecida no agronegócio, bem como em diversos outros setores, pelo reduzido custo operacional, alta produtividade e ampla disponibilidade para o transporte rodoviário e fora de estrada”, afirma o executivo. “Além disso, os clientes contam com o maior portfólio de peças e serviços e cobertura da Rede de Concessionários, presente em todos os estados do País junto às principais rotas de transporte e logística, favorecendo empresas como a Transgrãos, que opera em vários estados”.

Uma empresa especializada em transporte e serviços agrícolas

Com 28 anos de atuação no mercado, a Transgrãos tem como sua principal atividade o transporte de milho em espigas para beneficiamento, sementes prontas para entrega ao produtor, cereais e insumos agrícolas. Impulsionada pelo crescimento do mercado e pela demanda de clientes por terceirização de serviços na agricultura, a empresa diversificou sua atuação disponibilizando diversos serviços, entre eles a colheita mecanizada de semente de milho em espiga e em grãos, o plantio, a pulverização, a condução de campos, o despendoamento mecânico, a secagem, a classificação de sementes e a armazenagem climatizada.

Além de seu estado de origem, a Transgrãos atua no Mato Grosso, maior produtor de milho do Brasil, e também em Goiás, São Paulo, Paraná, Bahia e Rio Grande do Sul.

Essa nova venda de 120 caminhões Axor à Transgrãos envolveu o concessionário Prodoeste, com participação do Banco Mercedes-Benz.

Axor assegura elevado padrão de conforto para o motorista

Os caminhões Axor combinam força, extrema robustez e resistência com alto nível de conforto e economia. Isso resulta em elevado padrão de desempenho e produtividade, assegurando rentabilidade nas atividades de transporte e logística para os clientes.

Entre os destaques do Axor incluem-se: túnel do motor rebaixado para cabinas Estendida e Leito, banco pneumático para o motorista, volante multifuncional, tacógrafo digital, freio a tambor para operações mistas, eixos sem redução nos cubos, câmbio totalmente automatizado Mercedes PowerShift com funções EcoRoll, Power e Manobra para modelos rodoviários, distribuição da força de frenagem (EBD), sistema de controle de tração (ASR), freio ABS, retarder (opcional), auxílio de partida em rampa (HSA), ar condicionado, climatizador e chineleiras para guarda de calçados, além de outros itens.

Milho é o segundo produto agrícola mais importante do Brasil

Segundo levantamento de novembro de 2019 da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), a estimativa de produção de milho no Brasil supera 98 milhões de toneladas na safra 2019/2020, praticamente o mesmo nível da safra anterior. Com isso, o milho se mantém na posição de segundo produto agrícola mais importante do País, atrás apenas da soja, que deverá colher mais de 120 milhões de toneladas. O levantamento da CONAB prevê novo recorde de produção de grãos no Brasil, com 246,4 milhões de toneladas na safra 2019/2020.

O Centro-Oeste é o maior produtor de milho do Brasil, com previsão de 52,3 milhões de toneladas na safra 2019/2020, seguido pelo Sul, com 24,5 milhões e Sudeste, com 11,8 milhões.

O Mato Grosso é o estado que mais produz milho no Brasil: estimativa de 31,2 milhões de toneladas na safra atual, vindo depois o Paraná (15,8 milhões), Goiás (10,8 milhões), Mato Grosso do Sul (9,7 milhões) e Minas Gerais (7,3 milhões).

O transporte de milho, como o de grãos como um todo, é realizado essencialmente por caminhões no Brasil, interligando as regiões produtoras com as unidades de armazenagem e beneficiamento, bem como, com os portos por onde são escoadas as exportações agrícolas, como Paranaguá e Santos.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Celso Cantilio 17/12/2019 - 16:44

Dizer o que parabéns transgraos enquanto vcs realizão as compras de vcs tem um retardado imbecil aí querendo acabar com os caminhões dizendo que essa bosta desse trem é a menina dos olhos dele só pode ser um corno filho da puta mesmo querendo investir nessa bosta de ferrovia.

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!