PACCAR vendeu mais de 198 mil caminhões em 2019 no mundo todo

“A PACCAR registrou receitas e lucros anuais recordes em 2019 e atingiu impressionantes 81 anos consecutivos de receita líquida”, disse Preston Feight, CEO. “Os vibrantes resultados da PACCAR refletem os produtos e serviços de alta qualidade da empresa, fortes mercados globais de caminhões, produção recorde de caminhões e vendas recordes de peças de reposição. Estou muito orgulhoso de nossos funcionários, que forneceram produtos e serviços excelentes aos nossos clientes”. A PACCAR entregou um retorno total de 45% aos acionistas em comparação com o retorno total de 31% do Índice S&P 500 em 2019.

“A tonelagem de frete cresceu 3,3% nos EUA em 2019. Prevê-se que as economias da América do Norte e da Europa continuem crescendo em 2020. Esperamos que este ano seja forte para a PACCAR”, acrescentou Feight.

A PACCAR obteve receita trimestral de US$ 6,12 bilhões no quarto trimestre de 2019, em comparação com os US$ 6,28 bilhões registrados no mesmo período em 2018. A empresa faturou US$ 531,3 milhões (US$ 1,53 por ação diluída) no quarto trimestre de 2019. A PACCAR faturou US$ 578,1 milhões (US$ 1,65 por ação diluída) no quarto trimestre de 2018. A PACCAR atingiu uma receita recorde de US$ 25,60 bilhões em 2019, um aumento de 9% em comparação com as receitas de US$ 23,50 bilhões em 2018. A empresa obteve recorde de US$ 2,39 bilhões (US$ 6,87 por ação diluída) em 2019, número 9% superior aos US$ 2,20 bilhões (US$ 6,24 por ação diluída) ganhos em 2018.

Aumento de dividendos e recompras de ações

A PACCAR declarou dividendos em dinheiro de US$ 3,58 por ação em 2019, aumento de 16% em relação aos US$ 3,09 por ação declarados em 2018. Os dividendos declarados em 2019 incluíram dividendo extra em dinheiro de US$ 2,30 por ação paga em janeiro de 2020. A PACCAR aumentou seu dividendo trimestral regular a uma média de 11% ao ano nos últimos 20 anos. “A PACCAR distribuiu dividendos anuais, incluindo dividendos trimestrais e extras, em dinheiro, totalizando aproximadamente 50% do lucro líquido por muitos anos”, disse Mark Pigott, presidente executivo.

A PACCAR recomprou 1,68 milhão de ações ordinárias por US$ 110,2 milhões em 2019. O Conselho de Administração da PACCAR aprovou a recompra de US$ 500 milhões de suas ações ordinárias em dezembro de 2018. As recompras de ações no valor de US$ 430,5 milhões ainda estão sob a autorização.

Mercados globais de caminhões

“O forte crescimento do PIB e dos gastos do consumidor em 2019 resultou em aumento da tonelagem de frete e recorde de entregas de caminhões Kenworth e Peterbilt”, disse Darrin Siver, Vice-Presidente Sênior da PACCAR. “A Kenworth e a Peterbilt obtiveram forte participação de 30% no mercado de varejo dos caminhões classe 8 nos EUA e Canadá”. As vendas no varejo da indústria de caminhões classe 8 nos EUA e Canadá foram de 309 mil unidades em 2019, em comparação com 285 mil veículos vendidos em 2018. Espera-se que as vendas no varejo da indústria de caminhões de classe 8 nos EUA e Canadá fiquem entre 230 mil e 260 mil caminhões em 2020.

Os registros da indústria europeia de caminhões com mais de 16 toneladas somaram 320 mil unidades em 2019. Estima-se que os registros sejam excelentes neste segmento em 2020, ficando na faixa de 260 mil a 290 mil emplacamentos. “A demanda por caminhões na Europa continua forte devido ao constante crescimento econômico europeu”, disse Harry Wolters, presidente da DAF. “A DAF atingiu robusta participação de mercado de 16,2%, para caminhões acima de 16 toneladas em 2019. Os caminhões DAF oferecem qualidade premium, eficiência de combustível excepcional e excelente conforto para o condutor e aos clientes.”

O mercado sul-americano de caminhões acima de 16 toneladas foi de 105 mil veículos este ano e a projeção é de que atinja entre 100 mil e 110 mil caminhões em 2020. “A demanda dos clientes por caminhões DAF e Kenworth resultou em aumento de 59% nas entregas na América do Sul em 2019”, disse Gary Moore, Vice-Presidente executivo da PACCAR. O mercado brasileiro de caminhões com mais de 16 toneladas foi de 75 mil veículos em 2019 e as projeções são de que fique entre 70 mil e 80 mil caminhões em 2020.

QUER RECEBER NOSSOS CONTEÚDOS NO SEU WHATSAPP?
MANDE UMA MENSAGEM COM SEU NOME CLICANDO NO NÚMERO

042-98800-6519





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


Deixe sua opinião sobre o assunto!