Western Star comemora produção de 200 mil caminhões nos Estados Unidos

por Blog do Caminhoneiro

A Western Star, empresa subsidiária da Daimler Trucks, acaba de produzir seu caminhão número 200 mil em sua fábrica de Portland, no estado do Oregon.

O caminhão é um 4700SB, modelo 2020, que saiu da linha de montagem já vendido para a empresa Joe Johnson Equipment, da cidade de Innisfil, em Ontário, no Canadá.

A cerimônia de montagem e entrega do veículo aconteceu no último dia 05 de março, e contou com a presença dos executivos da empresa, funcionários da fábrica e representantes dos clientes. O caminhão receberá um implemento de vácuo.

“Estamos entusiasmados para ver o 200.000º Western Star juntar-se à força de trabalho”, disse David Carson, vice-presidente sênior do segmento profissional da Daimler Trucks North America LLC (DTNA). “Os caminhões Western Star têm uma reputação conquistada há muito tempo como caminhões resistentes, capazes de suportar as condições e aplicações mais extremas. Este caminhão em particular, como os anteriores e os que se seguem, é construído para homens e mulheres que dependem do caminhão para enfrentar os trabalhos mais difíceis que existem”.

A Joe Johnson Equipment já tem uma frota de mais de mil caminhões Western Star, e garante que vai comprar ainda mais, porque os veículos são confiáveis, duráveis e dão pouca manutenção.

A Western Star foi fundada em 1967, e comemorou a produção de seu 100.000º caminhão em fevereiro de 2006, quase 40 anos depois do primeiro veículo ser produzido. O caminhão 200 mil foi produzido apenas 14 anos depois desse marco de 100 mil unidades.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

2 comentários

Ezequiel Neto 10/03/2020 - 20:16

É isso aí Vinícius…Compare com as carroças mal acabadas que as Montadoras produzem no Brasil. Uma vergonha.

Reply
Vinícius 09/03/2020 - 13:21

Americano sabe o que é um caminhão de verdade. Frontal robusto e prático para acessar o motor, aço em quase toda a sua composição, exceto o painel, chassis resiste à uma força de torção igual ou superior à 120.000 libras, diferenciais robustos e duráveis, assim como todo o restante do trem de força.

Reply

Escreva um comentário