DAF e PACCAR Parts alertam para a importância de manter a manutenção do caminhão em dia

por Blog do Caminhoneiro

Antenada ao cenário causado pelo coronavírus em todo o Brasil, a DAF Caminhões Brasil e a PACCAR Parts, líder global em distribuição de peças e atendimento qualificado aos clientes, reforçam a importância de manter a manutenção preventiva dos caminhões, para que os transportadores possam garantir a sua segurança e o abastecimento de itens essenciais.

Dentro deste contexto, é fundamental a checagem periódica de itens, como os filtros, freios, suspensão e pneus, entre outros, para manter o bom funcionamento do veículo. Desta maneira, também é possível evitar surpresas desagradáveis na estrada, além de aumentar a vida útil dos seus componentes, e contribuir para a redução da emissão de poluentes e consumo de combustível.

“A manutenção preventiva dos itens e sistemas do caminhão deve acontecer sempre, de acordo com as indicações do fabricante. Isso representa segurança para o motorista, o veículo e demais usuários que percorrem as estradas. É importante também que seja feita com mão de obra qualificada, ferramental correto e peças de qualidade. Um diferencial da PACCAR Parts é a linha multimarcas TRP, com produtos para reparo de caminhões de diversas marcas, além de implementos”, comenta Carlos Tavares, Diretor da PACCAR Parts.

Para o caminhoneiro, que está permanentemente na estrada, neste período, a Rede de Concessionárias DAF está realizando a campanha “De Portas Abertas”, para atender prontamente os motoristas. A iniciativa inclui a manutenção nas oficinas e a oferta de peças em condições especiais, contribuindo para que o cliente possa ter economia, mais segurança e rapidez no atendimento.

Além disso, é importante o transportador ficar atento a algumas dicas para manter as condições de funcionamento de seu veículo em dia. Confira:

  • Filtro de óleo: este item deve ser substituído a cada troca de óleo para que os detritos, já filtrados, não prejudiquem o óleo novo. Se usado além de sua capacidade, o filtro não cumpre sua função com eficiência e, em algumas, situações, pode até fundir o motor. O óleo adequado garante também o bom desempenho da turbina do motor, componente essencial para o seu funcionamento.
  • Filtro de ar: o ideal é que esta peça seja trocada seguindo as especificações do fabricante. No entanto, para os veículos que realizam atividades extremas, em condições de trânsito pesado e em estradas com muita poeira, por exemplo, deve-se ter maior atenção com o filtro de ar. Mantê-lo sempre em dia, contribui para não interferir no aumento do consumo de combustível e no nível de emissão de poluentes.
  • Filtro de combustível: a substituição do mesmo deve ocorrer conforme as orientações do fabricante do caminhão. Quando a peça apresenta desgaste, pode reter partículas como ferrugem e resíduos do tanque de combustível, provocando perda de potência do motor.
  • Freios: é importante verificar com frequência a espessura das lonas e o estado dos tambores. A vida útil desses componentes varia de acordo com a carga transportada, o tipo de direção adotada pelo motorista e o uso do veículo. Com isso, a checagem deve ser realizada no cavalo mecânico e, também, no implemento. Além disso, é importante sempre utilizar o freio motor, pois ajuda a aumentar a vida útil das lonas e tambores de freio, e impacta na economia de combustível. Essa prática garante uma baixa temperatura nos freios de roda, permitindo que eles estejam com 100% de eficiência na hora da frenagem.
  • Luzes e pneus: outro ponto é ficar atento às luzes de advertência no painel e verificar o estado dos pneus. Além de configurar infração de trânsito, rodar com os pneus abaixo da espessura permitida reduz a eficácia das frenagens.
  • Sistema de iluminação: antes de pegar a estrada, é recomendável sempre verificar todo o sistema, uma vez que as luzes são importantes itens para auxiliar na condução do caminhão. Compõem o sistema: faróis, lanternas, piscas, luzes de posição, freio, ré, placa e faróis de neblina. Vale ressaltar que por lei, todas as luzes devem estar em perfeito funcionamento. Caso contrário, o motorista pode ser multado.
  • Amortecedores: são responsáveis por controlar o movimento da mola e manter o contato dos pneus com o solo, garantindo conforto e estabilidade ao veículo. As causas mais comuns de desgaste prematuro dos amortecedores são excesso de carga, rodar com pneus desgastados, passar por lombadas e buracos em alta velocidade, rodar com componentes da suspensão em mau estado de conservação e falta de alinhamento da direção. Alguns sinais de desgaste são sutis, e dificilmente percebidos pelo motorista. Portanto, é preciso fazer a revisão periodicamente.
  • Limpadores de para-brisa: a palheta do limpador de para-brisa é um item de baixo custo, porém essencial para garantir a segurança dos motoristas na estrada. Manter o limpador em bom estado é fundamental para garantir uma boa visão. Utilizar palhetas ressecadas podem riscar o vidro e prejudicar a visibilidade, principalmente, em dias chuvosos. A revisão periódica do item ajuda a detectar sinais de desgaste, rachaduras e empenamento.

“No atual momento, é fundamental que o transportador avalie a rota a ser seguida por seus caminhões e programe-se para realizar a manutenção em uma das oficinas da Rede de Concessionárias DAF, que segue aberta e pronta para receber os clientes neste período. São 38 pontos de atendimento, localizados nas principais rotas de circulação de caminhões do Brasil, com mão de obra especializada”, reforça Adcley Souza, Diretor de Desenvolvimento de Concessionárias.

Os clientes podem agendar a manutenção pelo DAF Agende Fácil. Ainda neste canal, os clientes recebem orientações sobre a localização da concessionária mais próxima. No DAF Agende Fácil, também é possível fazer o acompanhamento e a avaliação posterior dos serviços. Os contatos podem ser feitos por meio do número (42) 99103-6412 (WhatsApp), das 8h às 18h, de segunda-feira a sexta-feira. Além disso, há um novo canal, 0800 765 5533, no qual profissionais capacitados podem dar todo o suporte ao cliente para marcar a manutenção do caminhão. Outra alternativa é o cliente agendar a manutenção diretamente em qualquer um dos 38 pontos de atendimento distribuídos pelo Brasil.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!