Santa Catarina terá programa para renovação de frota de caminhões com mais de 30 anos

por Blog do Caminhoneiro

Santa Catarina será o primeiro estado brasileiro a implementar o programa Frota Verde, do Ministério da Economia. Na última sexta-feira, o secretário da Fazenda de Santa Catarina, Paulo Eli, participou de uma videoconferência com representantes do Ministério da Economia para acertar detalhes do programa.

“Em 2019, implementamos a Tributação Verde no Estado, que trouxe um novo paradigma econômico. Como temos uma das melhores infraestruturas e logísticas do país, participar do programa Frota Verde irá auxiliar na transformação para um ambiente ainda mais seguro aos catarinenses. A partir de agora, iremos criar grupos de trabalho e desenvolver as dinâmicas necessárias para a implementação”, afirma o secretário.

A primeira fase do programa visa reciclar caminhões, ônibus, micro-ônibus e implementos rodoviários com mais de 30 anos, permitindo ao proprietários desses veículos a troca por veículos mais novos, com até 10 anos de uso.

O programa terá uma revisão de impostos, além de criar melhores condições para que os proprietários consigam realizar a troca dos veículos.

“O programa é uma integração em rede, entre os governos Federal e Estadual e o setor produtivo de bens e serviços, para a reciclagem dos veículos pesados, já que temos uma frota antiga que é muito poluente”, pontua a coordenadora-geral de Ambiente de Negócios do Ministério da Economia, Margarete Gandini.

“Queremos construir benefícios para os catarinenses que fizerem parte do programa de renovação de frota, incentivando os empresários de grandes, médias e pequenas empresas, bem como os autônomos”, ressalta o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc), Ari Rabaiolli.

Os caminhões antigos deverão ser sucateados, sendo proibidos de voltarem a rodar. Os primeiros testes vão começar ainda esse ano, e a meta é substituir até 100 mil caminhões velhos, que são mais poluentes e inseguros.

Mais reuniões serão feitas nos próximos dias, para criação de um modelo de taxas de juros e prazos para pagamentos dos veículos novo.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

13 comentários
1

Artigos relacionados

13 comentários

Jaison kienen 16/08/2020 - 22:49

Isso e uma coisa que vai falir revendedoras ,leilões e autopeças ,será que o governo seria mesmo tão burro em dá um tiro no próprio pé,pois as autopeças não vão dar posto para o esse estado,revendedoras de caminhões ,vai dar prejuízo as financeiras pois comprar caminha com 10 anos e levar 5 para pagar vai dar muita inadimplência e os bancos sabem disso eles não vão financiar .

Reply
Luís 21/07/2020 - 18:56

Faz uma tabela inversa de IPVA, 0km isento e vai aumentando até atingir um teto.

Reply
Milton 26/07/2020 - 08:39

Concordo plenamente com a ideia, só acho um caminhão pra ter licença de trânsito nacional não poderia ter mais de 20 anos, traria economia ,segurança e emprego, fica o proprietário autônomo na falca ilusão de que está ganhando dinheiro sem perceber que está ficando velho e esse não tem retorno, com isso retirando de circulação veículos velhos aumenta o valor do frete,se motorista ganha comissão do frete trabalhando mesmo que para uma empresa ganhará mais que sendo dono de um caminhão velho sem contar o risco de vida e aposentadoria.

Reply
Luiz Roberto Imparato 31/07/2020 - 12:00

Só no Brasil o IPVA é decrescente em relação ao ano de fabricação do veículo chegando a zero.
Isso já deveria ter sido atualizado com o resto do Planeta há muito tempo e não estaríamos perdendo tempo em discutir isso hoje.

Reply
João Paulo Pereira 21/07/2020 - 17:37

Vai acontecer o mesmo que o Pró Caminhoneiro,nos governo lulu e dilma. O Endividamento das Empresas e Autônomo. Só quem vai ganhar com isso é os Bancos,montadoras e o governo com recadacao de Impostos. Caminhão antigo bem cuidado e conservado, transporta o mesmo que um novo.

Reply
Celestino Gonçalves Filho 21/07/2020 - 11:38

Já passei da idade de acreditar em Papai Noel.

Reply
Magno 21/07/2020 - 09:26

Bom dia!
No Brasil o trabalhador honesto é perseguido e massacrado. Já os ladrões que desviam o dinheiro e as riquezas tem regalias. O governo de São Paulo e um apresentador de TV compraram foi aviões na faixa, sem mencionar outras regalias e outras pilantras que a imprensa não divulga.
Tem que fazer paralisação e não ceder a esses parasitas miseráveis.

Reply
Zeca 21/07/2020 - 05:05

Infelizmente esse governo e uma merda a grande população tem caminhão antigo porque não aguenta pagar tanto imposto .Tem que para tudo desde de já pra eles senti que depende desde do mas velho até o mas novo .já não tem emprego agora tira de wue tem seu caminhão pra levar o sustento pra dentro de casa aí já e pura palhaçada.Bandos de ladrões.

Reply
Albertino 20/07/2020 - 23:24

Se querem ser enganados e só acreditar que vai ter ajuda para autônomo

Reply
Alecio 20/07/2020 - 21:35

Como algum que tem um caminhão de 30 mil.vai comprar um de 250mil. Ridículo.
Vende no valor sem impostos, recebendo.o.velho.como pagamento dos impostos.

Reply
Masculino 20/07/2020 - 19:28

Tudo que colegas disseram é a mais pura verdade,juros para riscos é baixo,para o trabalhador caminhoneiro é de matar…eu estou a mais de dois meses querendo financiar um caminhão mais ,o juros estão muito alto…

Reply
João cavalheiro 20/07/2020 - 17:18

ÉSSA HISTORIA DE VENDA DE CAMINHÃO FINANCIADO PELO BNDS EU CAI NUMA DEÇA COMPREI NA MENTE QUE ÉRA 90 MES QUANDO VEIO O CARNE EM JANEIRO DE 2011 O VALOR ÉRA 6000,00 POR MES PERDI O CAMINHÃO TUDO O QUE DEI 60,000 00 E MAIS O MEU QUE TAVA PAGO FINACEI PARA A ENTRADA PERDI UM 1634 BONECA PORQE NAO PUDE PAGA NEM UM ISTO É CONVERÇA PRA BOI DORMI FIQUEI SEM CREDITO VIVENDO COM UM SALARIO MINIMO AJUDA CAMINHONEIRO AUTONOMO GOVERNO NEM UM AJUDA SO AJUDAM EMPREZAS GRANDE COM´PRAM 50 CAMINHÃO UZAN QUATRO ANO E DEVOLVE SÓ GANHAM COM ISSO PÓBRE TEM QUE SE LASCA E AINDA FICAM BABANDO OVO DO GOVERNO

Reply
Vinícius 20/07/2020 - 12:43

ESPERO que façam financiamentos JUSTOS para os autônomos lá de SC, mas duvido que vão dar arrego. Como que eles vão conseguir comprar se dos anos 2000 para cá o preço dos caminhões quase triplicou?

Sou autônomo também, moro aqui no RS e acompanho o mercado de caminhões do país desde o final dos anos 90, e posso afirmar com certeza, não tem país onde as montadoras de caminhões e carros são mais ladrões do que este, chega a ser uma piada esses preços abusivos, não é tanto pela desvalorização do Real, mas sim pela absurda margem de lucro desses Bhundinhas de seda, donos das montadoras, que nunca subiram na boléia de um caminhão pra viajar pelo país e tentar entender a realidade da classe trabalhadora da qual o brasileiro mais depende mas também desvaloriza e fica desmerecendo nosso trabalho.

Conheço muitos colegas de profissão que sempre quiseram caminhões novos ou seminovos, mas não têm financiamentos justos e com parcelas mais em conta, e os juros são de arrebentar! Desse jeito esse país vai só andar pra trás!

Reply

Escreva um comentário