Espanha reduz idade para motoristas profissionais

por Blog do Caminhoneiro

Jovens de 18 anos já poderão trabalhar como motoristas de caminhão ou de ônibus na Espanha. A medida foi aprovada pelo Conselho de Ministros espanhóis, e já está valendo, após ser publicada como Decreto Real.

Antes de ser aprovada, o texto do projeto passou por um longo processo de consultas públicas, e por análises dos órgãos de trânsito da Espanha.

Jovens de 18 anos ou mais, se quiserem, poderão obter a carteira para dirigir caminhões, após realizarem um curso de 280 horas. Anteriormente a idade mínima era de 21 anos. Para dirigirem ônibus, as exigências são maiores, e os jovens só poderão trabalhar com manobras de veículos vazios, em distâncias de até 50 km. Para transportar passageiros, a idade continua sendo de 21 anos.

O texto também alterou a carteira B, que permite que motoristas espanhóis dirijam carros e vans. Com o novo texto, o PBT das vans de carga passa de 3.500 kg para 4.250 kg. O governo da Espanha afirma que a medida é voltada ao uso de sistemas de propulsão alternativa, como motores elétricos e baterias, que aumentam o peso (tara) do veículo. O limite para cargas permanece o mesmo.

As mudanças vem de encontro ao que tem acontecido em muitos países do mundo: Reduzir a escassez de motoristas profissionais.

Como em diversos países, inclusive o Brasil, a Espanha enfrenta uma grande falta de motoristas profissionais, principalmente para o setor de cargas. Reduzindo a idade e as exigências, o país espera atrair mais jovens para o setor.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

7 comentários

Eginaldo Nóbrega 17/11/2020 - 08:39

Vamos analisar,Motorista de caminhão no Brasil é o profissional mais achatado que existe,beirando ao maior profissional escravo em países ditatoriais,ele é humilhado por todos! Principalmente aqueles que ele dá duro dias e noites pra bancar seus altos salários, são eles,prfs,fiscais de receita,PMs, empresários do o setor,clientes,enfim uma infinidades de pessoas que se eu citar aqui vou passar o dia escrevendo,um profissional que carrega toda a responsabilidade do progresso em suas costas, então isso ninguém do governo chega pra melhorar a vida deles, aí agora ficam com mi mi mi,dizendo que falta motorista,o melhor é já ir cuidando de fazer caminhões inteligentes, porquê em um futuro bem próximo não vamos ver mais esses profissionais em ação,veja Só,qual o pai que viveu sofrendo no dia a dia de um caminhão vai incentivar se filho ser caminhoneiro, então ou se atenta pra isso ou o fundo do poço vai muito raso.Isso num curto período de tempo!

Reply
william chaves 17/11/2020 - 07:00

Restrinção no CPF não carrega;Voçe pode ser bom em LS,bi-trem,Rodo-trem,fazer uma média espetacular em combustível,se não tiver registrado na carteira,não fixa.Se for calcular tudo,motorista profissional é a atividade que mais se exige e o trabalho é em regime de escravidão.Sem contar as humilhações constantes por todos os lados inclusive uma certa corporação chamada PRF e fiscais da receita.Cara,a gente é tratado pior que cachorro,pior que escravo da África nos tempos da colonização.Um catador de lixo tem mais dignidade que um camioneiro.Quando voçe não está na mira das armas do bandido,voçe está na mira das armas da polícia.E tome tapa na cara,soco no estômago e se olhar de cara feia vai pra delegacia por desacato de autoridade;Isto se não aparecer dentro da gabina armas e drogas.

Reply
João Gilnei amarilho 16/11/2020 - 15:04

Falta de motorista realmente não sei se a, o que têm atualmente é a exploração , muitas exigências e salários baixos, um piso na carteira o resto por fora, isso vai desgostando o bom profissional que acaba deixando a profissão se é pra ganhar pouco se fica com outros serviços e próximo da família, que um exemplo antigamente se trabalhava até com uma carreta trucada, hoje se trabalhava com um bi trem , se trabalha por dois e se ganha pôr um, ou tô mentindo

Reply
WILSON ANTONIO 16/11/2020 - 14:33

Não é bem a falta de caminhoneiros que está acontecendo. Esse fenômeno há muito não acontece. Empresas com caminhões parados por falta de motorista. Se houvesse a real necessidade de motorista, não estariam exigindo o tempo de experiência. Estariam sim, investindo em escolinhas internas, dando oportunidades de testes e outras providências nesse sentido. O que as empresas querem é o funcionário com experiência de 1, 2 ou mais anos de experiência comprovada em carteira. Por um lado existem muitos motoristas querendo trabalhar, mas não tem registro em carteira e do outro lado estão as empresas com vagas em aberto por causa dos critérios exigidos. Alegar que falta caminhoneiro no país é um exagero. Em alguns países podem realmente está precisando de mão de obra, agora o Brasil definitivamente não.

Reply
Ronan 16/11/2020 - 14:23

Vai estudar caminhao e sofrimento porisso ta tendo falta de profissionais guarda enchendo o saco e espera pra carrega e fila pra descarrega e ao regra e salario………

Reply
José Adriano 16/11/2020 - 12:37

é os guri pai 👉👌

Reply
Victor Hugo Guidoni 16/11/2020 - 12:07

Também tinha que liberar aqui no BRASIL, se com 16 anos já vota com 18 já dirigi e a CNH profissional só com 21, tá errado libera a profissional também com 18 anos é só dar alguns cursos ser avaliado por um bom profissional e vamos trabalhar.
Aqui no nosso país hoje o desemprego está demais tem muitos pais de família q não consegue entrar numa empresa pela idade, experiência em carteira, nome com restrição, pontos na CNH, tem empresa q exige muito daqui uns dias vão querer q a pessoa seja virgem também, é só o que falta agora.

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!