Ministério da Saúde lança Cartão de Saúde do Caminhoneiro

por Blog do Caminhoneiro

O Ministério da Saúde lançou nesta semana o Cartão de Saúde do Caminhoneiro, que irá registrar todas as informações clínicas dos motoristas profissionais. Esse documento vai facilitar o acompanhamento da saúde dos caminhoneiros em qualquer lugar do Brasil, em unidades de Atenção Primária, públicas ou privadas.

O objetivo do projeto é oferecer condições para os motoristas cuidarem da saúde, independente de sua localização, ampliando o acesso e aumentando a qualidade do cuidado continuado para esses profissionais.

Com o documento, os motoristas serão orientados a cuidarem melhor da saúde, recebendo dicas de alimentação e de estilo de vida saudável. Com as informações do documento, os profissionais de saúde também poderão acompanhar o estado de saúde do caminhoneiro em longo prazo, como pressão arterial, peso, uso de medicamentos e até a lista de vacinas que o motorista já tomou.

Armando de Souza Neto, de 49 anos, foi o primeiro caminhoneiro do Brasil a receber o cartão diretamente das mãos do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante cerimônia de lançamento da campanha do Novembro Azul, realizada no dia 11 de novembro. O motorista, que já cuida regularmente da saúde fazendo consultas a cada seis meses, agora terá, com o cartão, mais uma ferramenta para fortalecer esse cuidado.

“Eu tenho 25 anos de profissão e, desde quando eu comecei, eu pus isso como prioridade, porque é muito importante a saúde do caminhoneiro. Trabalhamos com transporte de cargas perecíveis, cargas inflamáveis, estamos frequentemente transitando em rodovias onde têm famílias, então a saúde é uma prioridade, é o principal para você ter atenção nesse trabalho”, conta Armando.

O caminhoneiro também destacou a importância dos hábitos saudáveis na estrada.

“Eu diria para nosso amigo e irmão caminhoneiro para que cuide mais da sua saúde, priorize mais a questão de fazer exames frequentemente, porque mais tarde a saúde cobra. A pessoa com saúde consegue produzir muito bem e muito melhor”, conclui.

O cartão será implementado por meio de ações realizadas pelo Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT). Mais de 500 mil documentos serão impressos e distribuídos até janeiro de 2021, mas o sistema já funciona totalmente online.

– Cartão do caminhoneiro pode ser acessado aqui

– Cartão da caminhoneira pode ser acessado aqui

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!