Scania apresenta novo sistema de direção elétrica ativa e novas funções de assistência para o caminhoneiro

por Blog do Caminhoneiro

A Scania acaba de anunciar a chegada da nova Electric Active Steering (EAS), um sistema de direção elétrica ativa para seus caminhões, na Europa. Esse sistema permite que o motorista tenha mais controle sobre o veículo durante manobras, e oferece mais estabilidade em altas velocidades.

Esses sistema também permite que o motorista tenha mais conforto durante suas viagens, com uma tecnologia que auxilia o caminhoneiro a manter o caminhão centralizado na pista.

“O EAS beneficia o motorista de várias maneiras. Ele funciona como um servo adicional, tornando-o mais fácil de dirigir, algo que pode ser bastante pesado de outra forma, especialmente em baixas velocidades”, diz Gustav Ling, engenheiro de desenvolvimento da Scania.

Os engenheiros da Scania buscaram ajustar cuidadosamente a nova EAS para melhorar a sensação de dirigir um caminhão da marca.

“Como o EAS requer menos esforço por parte do motorista, ele reduz o cansaço do motorista no final do dia, principalmente quando se usa principalmente manobras em baixa velocidade, como na construção e distribuição urbana”, continua Ling.

Graças ao novo sistema de direção elétrica, os novos caminhões Scania podem receber três novas tecnologias de assistência ao motorista.

Lane Keep Assist (LKA)

Este recurso conta com uma câmera no para-brisa, que lê como o caminhão está posicionado na estrada. Desenvolvido para rodovias, busca auxiliar continuamente a direção para manter o caminhão centralizado em sua faixa de rodagem. Cabe ao motorista decidir quando usar.

Alerta de saída de pista com direção ativa (LDWAS)

Outra função desenvolvida com EAS. Esta função estende o aviso padrão de saída de faixa (LDW) e intervém quando o caminhão está prestes a sair da faixa sem intenção. A direção ativa entra em ação e direciona suavemente o caminhão de volta para a pista.

Prevenção de colisão por mudança de faixa (LCP)

Essa função estende o alerta de ponto cego (BSW). Se o motorista iniciar uma mudança de faixa para uma faixa que tenha outro veículo, a função BSW alerta o motorista com avisos visuais e sonoros, enquanto o LCP direciona o veículo de volta à faixa inicial.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados