Versão elétrica do Agrale Marruá começa a ser testado na Austrália

O jipe Agrale Marruá está sendo testado na Austrália, em versão totalmente elétrica, mas rebatizado para Bortana EV. Apesar de mudar de nome, o veículo permanece igual esteticamente. O que muda é que sai o motor diesel e entra um elétrico.

Por isso, o modelo foi escolhido para testes em uma mina subterrânea na Austrália. Ambientes confinados não tem uma circulação de ar suficiente, e a emissão de poluentes pode ser muito perigosa para as pessoas.

Criado para o exército, o Marruá é ideal para o ambiente rigoroso das minas, com alta umidade, salinidade e acidez, que pode destruir qualquer veículo. O Marruá recebe um chassi totalmente selado e revestido, anti-corrosão, com uma cabine totalmente em aço galvanizado, e recebe eixos Dana, ideais para serem adaptados aos motores elétricos.

O motor Cummins é retirado e entra um aparato completamente novo, que deixa o modelo totalmente elétrico. A instalação do sistema é feita dentro do cofre do motor.

Na Austrália, o Marruá chega por US$ 150 mil, e é vendido como Bortana EV por mais de US$ 300 mil. O alcance das baterias é de 120 km, o que é suficiente para a operação dentro da mina.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos