Meritor Brasil comemora 65 anos

A Meritor comemorou, no último dia 16 de julho, 65 anos de história no Brasil. Além da marca de tempo, a empresa também celebrou a produção de 8.700.065 eixos, sendo 3.500.065 unidades dedicadas exclusivamente a veículos comerciais até o momento em seus dois polos industriais, localizados em Osasco (SP) e Resende (RJ).

Graças à trajetória de sucesso e atributos de seus produtos, a marca detém mais de 50% de participação no mercado de veículos comerciais acima de seis toneladas, e também mira o futuro com o início da produção do primeiro trem de força elétrico 14xe, desenvolvido pela marca Blue Horizon, unidade de negócio dedicada a novas tecnologias para a mobilidade, começou a ser fabricado este mês.

“Por sermos uma empresa global e trabalharmos com as engenharias integradas, o 14xe, desenhado para equipar caminhões médios e pesados entre 9t e 26t de PBT nas configurações 4×2 e 6×2 e entre 26t e 40t de PBTC na configuração 6×4, já está em fase de prospecção no Brasil”, diz Adalberto Momi, vice-presidente da Meritor para América do Sul.

Além do eixo 14xe, a Meritor está desenvolvendo outras versões, chamadas de 12Xe e 17Xe, sendo o 12Xe oferecido para caminhões entre 6t e 19t de PBT, de até 200kW de potência contínua nas configurações 6×2 ou 4×2. Já o Powertrain 17Xe irá equipar caminhões entre 26-44t de PBTC e fornecendo até 430kW de potência contínua nas configurações 6×2 ou 4×2.

Em cenário de grandes transformações para a indústria, a Meritor Brasil completa 65 anos com parceiros como Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO), Iveco, Mercedes-Benz, DAF, Volvo e Agrale e grande responsabilidade ao oferecer aos caminhões, ônibus e veículos especiais uma ampla gama de produtos que transmite a força do motor da caixa de transmissão até as rodas. Entre simples, duplos e tandem, os eixos fabricados na planta de Osasco (SP) variam entre 6 e 125 t de Peso Bruto Total Combinado (PBTC).

Com metade do mercado de eixos acima de 6 t e 60% de participação em veículos pesados, a produção da Meritor Brasil segue alinhada com o comportamento do mercado brasileiro de veículos comerciais. A fabricante prevê em 2021 um crescimento de 90,48% em relação ao ano passado, ou seja, de 63 mil eixos produzidos em 2020 para 120 mil eixos em 2021.

“Apesar de estarmos otimistas com a alta demanda e a fila de espera, após ano de retração por conta da pandemia, teremos de ser cautelosos com a cadeia de suprimentos, tanto local quanto internacional, já que competimos com outras regiões do mundo e precisamos compartilhar os volumes e preços das commodities que estão em alta”, diz Kleber Assanti, diretor de Vendas e Marketing da Meritor para América do Sul.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Volvo FH 540 é o caminhão mais vendido do Brasil Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt