Veja o teste da rede de segurança para parar um caminhão desgovernado

por Blog do Caminhoneiro

Nesta semana, o Departamento de Transporte de Wyoming (WYDOT), no Estados Unidos, conduziu um teste impressionante com o sistema de retenção para veículos desgovernados, na região de Teton Pass, uma área montanhosa, cortada pela Interestadual 22.

No local está instalada uma das mais curiosas estruturas de retenção de veículos em alta velocidade. A área de escape consiste em uma série de redes de retenção, construídas com cabos de aço, que são fixados em sistemas elásticos, onde o caminhão fica preso e desacelera rapidamente.

O último uso do sistema aconteceu no mês passado, quando uma picape entrou na área. Porém, o último uso severo registrado foi em setembro de 2019, quando um caminhão sem freios carregado de toras de madeira entrou no sistema. A estrutura falhou em reter o caminhão e os danos foram tão grandes, que os reparos duraram semanas.

Agora era necessário saber se o sistema estava funcionando corretamente para veículos pesados.

Nesta semana, um caminhão carregado com areia, pesando cerca de 26 toneladas, entrou na área de escape a 60 milhas por hora (96 km/h). Ao volante do caminhão, o destemido piloto profissional Arnold Korbmacher, que enfrentou a poderosa desaceleração promovida pelos cabos de aço.

O WYDOT considerou o teste um grande sucesso.

Esse sistema é o mais custoso e o que causa mais danos no veículo entre os três formatos de áreas de escape para caminhões sem freios que existem. Nós explicamos os detalhes de cada sistema neste texto:

Como surgiram e como funcionam as áreas de escape para caminhões?

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

6 comentários

Luis Carlos 18/08/2021 - 15:14

Ainda sou muito mais a caixa de britas que funcionam muito bem e não precisam de “manutenção”, apenas de reposição de britas se necessário após alguma ocorrência. A que existe na Rodovia dos Imigrantes aqui de SP ja salvou muitos caminhoneiros nas descidas da serra.

Reply
Armando Rebequi Junior 16/08/2021 - 16:41

Não seria mais vantajoso uma caixa de britas? Aqui o veículo é preservado na caixa de britas.

Reply
Donizete 16/08/2021 - 12:21

Este cabo pega na cabine um pouco para cima ele corta o motorista ao meio

Reply
Lindomar 16/08/2021 - 11:52

Nossa, se tratando dos EUA, eu nem acredito que vi uma coisa dessas!!🤦🏽‍♂️🤦🏽‍♂️
Que desastre, nunca vi tamanha idiotices, destrói o veículo, o motorista pode acabar esmagado pela carga e o custo e o tempo de reparação do sistema então nem se fala 🤦🏽‍♂️🤦🏽‍♂️

Reply
Sergenilson Azevedo 09/08/2021 - 21:32

Também não achei q fosse tão eficaz pq põe em risco a vida de está na cabine do caminhão

Reply
Fabio 27/07/2021 - 21:36

A rede parou o caminhão, certo. Agora a carga que era terra foi arremessada para cima da cabine.
Nesse caso não houve danos ao motorista, agora imagina um caminhão ou carreta carregados de madeira ou granito. Vai esmagar a cabine e quem estiver lá.
Essa medida não é viável.

Reply

Deixe um comentário!