Volvo FH elétrico entra para o Guinness ao estabelecer recorde de autonomia na Europa

por Blog do Caminhoneiro

Um caminhão Volvo FH equipado com um sistema elétrico da marca Futuricum, que contou com a parceria das empresa DPD Switzerland e Continental, entrou para o Guinness World Records pela maior distância percorrida por um caminhão elétrico sem parada de recarga.

A equipe responsável pelo projeto conseguiu dirigir por 1.099 quilômetros em 23 horas, sem necessidade de recarga. O veículo não é novo. Já está sendo usado pela DPD há cerca de seis meses em operações normais. De acordo com a Futuricum, a marca atingida prova que a mobilidade elétrica é sustentável, com eficiência energética e custo-benefício no setor de transporte, e não é um conceito de mobilidade de amanhã, mas uma realidade nas estradas do hoje.

“Para a DPD Suíça, convertemos um Volvo FH convecional a diesel em um modelo equipado com motores elétricos. O caminhão de 19 toneladas de PBT agora tem mais de 680 cv de potência e tem a maior bateria para caminhões na Europa, com capacidade de 680 kWh, explica Adrian Melliger, CEO da Designwerk Products AG, a empresa por trás da marca Futuricum.

Para o teste, o caminhão recebeu uma recarga completa nas baterias e pneus Continental EfficientPro, desenvolvidos para oferecerem uma das menores resistências ao rolamento do mercado.

“Nossos pneus permitem alta quilometragem e tem uma resistência ao rolamento extremamente baixa, portanto, oferecem as características essenciais para a operação econômica de veículos comerciais movidos a eletricidade. O EfficientPro é um modelo testado e comprovado que foi desenvolvido especialmente para transporte de longa distância e se concentra em alcance e baixa resistência ao rolamento”, disse Hinnerk Kaiser, chefe de Desenvolvimento de Produtos para Caminhões da Continental.

Para o teste, foi usado um circuito oval perto de Hannover, que permite altas velocidades médias, que pertence à Continental. É uma pista de teste com 2,8 quilômetros de comprimento.

No total, dois motoristas completaram 392 voltas em turnos de 4,5 horas cada, a uma velocidade média de 50 km/h, que é um valor médio realista para o uso diário. Inicialmente, as condições meteorológicas não eram ideais com 14ºC de temperatura externa e apenas cerca de 23ºC de temperatura no solo. Além disso, o vento soprava a uma média de 18 km/h com rajadas de até 40 km/h.

No entanto, após pouco menos de 23 horas, o caminhão recebeu o recorde do Guinness World Records, como a maior distância percorrida por um caminhão elétrico sem parada de recarga, com 1.099 quilômetros percorridos.

O teste foi realizado com o caminhão sem carga.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!