Caminhões e ônibus elétricos podem ser adquiridos por meio do Finame Baixo Carbono

por Blog do Caminhoneiro

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) oferece a possibilidade de financiamento de caminhões e ônibus elétricos por meio do Finame Baixo Carbono, uma linha de crédito especial para aquisição de veículos e outros equipamentos, como aqueles para geração de energia solar e eólica, desde que tenham altos índices de eficiência energética ou que contribuam para redução da emissão de gases de efeito estufa.

De acordo com o BNDES, empresas brasileiras, produtores rurais, caminhoneiros autônomos e cooperativas, associações e até pessoas físicas, entre outros, podem solicitar o financiamento de bens por essa modalidade do Finame.

Podem ser financiados ônibus e caminhões elétricos, híbridos ou com outros tipos de tração elétrica; ônibus e caminhões movidos exclusivamente a biocombustível, veículos pesados a gás e equipamentos de abastecimento, além de sistemas geradores de energia solar ou eólica, aquecedores solares, e outros itens classificados como de Mobilidade de Baixo Carbono.

Para esse tipo de operação, o BNDES pode financiar até 100% do valor do bem, com prazo de pagamento de até dez anos e carência de até dois anos, com taxas de juros que pode ser fixa, oferecida pelo BNDES, Taxa de Longo Prazo ou Selic.

Como solicitar o Finame Baixo Carbono

Micro, pequenos e médios empresários podem enviar solicitações ao BNDES por meio do Canal MPME, que oferece linhas de crédito para empresas desse porte.

Também é possível ir até um banco credenciado ao BNDES, com o orçamento ou proposta técnico-comercial do bem a ser financiado. Nesse caso, a própria instituição informará a documentação necessária, analisará a possibilidade de concessão do crédito e negociará as garantias. Após aprovada, a operação será encaminhada para homologação e posterior liberação dos recursos pelo BNDES.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!