Petrobras perfura poço com 7,7 km de profundidade no Espírito Santo

por Blog do Caminhoneiro

A Petrobras anunciou ontem a conclusão da perfuração do poço exploratório de petróleo mais profundo do Brasil, um dos mais profundos do mundo, com 7.700 metros. A perfuração ocorreu no bloco ES-M-669, no pré-sal da Bacia do Espírito Santo. Perfurado a 145 km da costa, o projeto bateu diversos recordes, entre os quais o de poço mais profundo já perfurado no Brasil; e maior camada de sal já perfurada no país, com aproximadamente 4.850 m.

“O uso intensivo de tecnologia e a atuação eficiente das equipes envolvidas também permitiram que diminuíssemos em aproximadamente 50% o tempo de perfuração do poço, em comparação com a média histórica para projetos dessa natureza e complexidade, o que representa também uma redução de custos significativa. A exploração dessa nova fronteira no pré-sal da Bacia do Espírito Santo reafirma o foco da Petrobras em atuar em águas ultraprofundas por meio de parcerias com outras empresas”, destacou o diretor de Desenvolvimento da Produção, João Henrique Rittershaussen.

O poço exploratório é diferente de um poço de extração de petróleo, e tem objetivo de obter informações sobre as características das rochas perfuradas, sua geologia, pressões existentes e presença de reservatórios com petróleo ou gás.

A perfuração do poço obteve todas as informações geológicas esperadas para a avaliação adequada da área. Os dados obtidos estão sendo analisados para a definição do futuro do bloco ES-M-669. Cabe salientar que as informações geológicas obtidas em áreas de fronteira exploratória, como nesse caso, subsidiam também o aprimoramento dos estudos e modelagens para outras áreas e bacias, incorporando um importante conhecimento estratégico para a companhia.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!