Radio PX foi a inspiração para o filme Comboio, de 1978

por Blog do Caminhoneiro

Que a TV tem uma influência gigantesca na vida das pessoas, isso não se pode negar. Todos os anos, inúmeras produções estreiam nas telinhas e telonas, influenciando mais ou menos seu público alvo. Algumas dessas produções podem ter uma influência gigantesca em uma geração inteira. Mas, em alguns casos, são coisas do cotidiano que influenciam os produtores dessas obras.

É o caso do filme norte-americano Convoy (Comboio-1978), de ação e comédia, que mostra caminhoneiros lutando contra policiais corruptos, a medida em que viajam por diversas rodovias e usam seus rádios PX para se comunicarem e evitarem os homens da lei.

O filme foi quase inteiramente filmado no estado do Novo México, no ano de 1977, quando o uso dos rádios CB (Citizens Band ou Faixa do Cidadão), conhecidos no Brasil como PX, estavam no auge da popularidade. Esse tipo de rádio não exigia uma licença para operação, e foi especialmente útil para os caminhoneiros se comunicarem.

Sabendo da fama dos rádios, o cantor McCall e o compositor Chip Davis compraram um rádio CB, e, ouvindo os caminhoneiros, escreveram a música Convoy em 1975, que deu origem ao filme do mesmo nome.

Para poderem usar seus rádios à vontade, os caminhoneiros passaram a criar gírias próprias, e também novos nomes, os QRA. Durante os anos 1970, com a crise do petróleo, os caminhoneiros andavam em comboios, usando seus rádios para evitarem patrulhas policiais, radares e até mesmo para andar acima da velocidade permitida para a época em todas as rodovias federais dos Estados Unidos, 55 mph, cerca de 88 km/h.

Além disso, o rádio CB era especialmente útil para informações das rodovias, acidentes, bloqueios, obras e qualquer coisa que poderia pegar um caminhoneiro desprevenido.

Agarre-me se Puderes (Smokey and the Bandit – 1977)

Com o sucesso de filmes como Convoy, e outras produções que tinham o Rádio CB estampado em seus cartazes, como O Comboio da Carga Pesada (Breaker! Breaker! – 1977), Handle with Care (1977) e Agarre-me se Puderes (Smokey and the Bandit – 1977), cada vez mais gente se juntou aos usuários dos rádios, criando uma rede mundial de comunicação descentralizada, usada ainda hoje em muitos países do mundo, como o Brasil.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!