Venda de caminhões novos cresce 25% em março

por Blog do Caminhoneiro

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) publicou ontem os dados sobre as vendas de veículos novos no Brasil no mês de março, destacando que houve um importante crescimento para o segmento de caminhões no mês passado, em comparação com fevereiro.

Apesar de as fabricantes de caminhões ainda enfrentarem falta de peças e componentes para muitos modelos, os prazos de entrega já começam a ser reduzidos, ficando nas casa de 60 dias para os caminhões mais tradicionais, sem muita customização.

“Há boa demanda de caminhões no mercado, e a produção, pouco a pouco, vem se equalizando com a procura de veículos, tanto que, em dezembro do ano passado, haviam entregas agendadas para até 180 dias”, destacou José Maurício Andreta Jr., Presidente da Fenabrave.

A entidade também destaca que o segmento deverá ser impactado positivamente nos próximos meses, graças à criação do programa Renovar, que visa substituir caminhões com mais de 30 anos de uso por modelos mais novos, fabricados após 2012.

“Além da melhora na segurança viária, a medida pode trazer ganhos ambientais, diminuir custos logísticos, aumentando a segurança, reduzindo acidentes e , consequentemente, beneficiando toda a economia, disse o presidente da Fenabrave.

Números

De acordo com a Fenabrave, foram vendidos 10.133 caminhões novos em março, ante 8.112 de fevereiro, representando uma alta de 24,91%. Na comparação com março de 2021, porém, houve uma queda, de 6,11%. Naquele mês foram vendidos 10.792 caminhões novos.

Na comparação entre as vendas acumuladas dos três primeiros meses do ano, houve um crescimento de 3,87% em 2022. Entre janeiro e março de 2021, foram vendidos 25.763 unidades, enquanto no mesmo período desse ano foram 26.760.

Montadoras

Entre as montadoras, a Volkswagen está dominando as vendas em 2022, com 8.011 unidades emplacadas. A Mercedes-Benz é a segunda colocada, registrando 7.402 caminhões novos vendidos entre janeiro e março. Volvo é a terceira, com 5.216, Iveco tem 2.624 vendas e é a quarta colocada, enquanto Scania segue na quinta posição, com 1.832 caminhões novos emplacados.

Caminhões

O Volvo FH 540 segue como caminhão mais vendido do Brasil, com 1.992 unidades vendidas nos três primeiros meses do ano. Apenas em março, foram 697 unidades do pesadão emplacadas no Brasil.

O Volkswagen Delivery 11.180 é o segundo mais vendido, registrando 1.447 emplacamentos em 2022. Na terceira posição está o DAF XF, que registra 1.276 vendas.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!