Montadora japonesa Hino falsificou dados de emissões por 20 anos

A montadora Hino Motors, que produz uma linha de veículos comerciais no Japão e pertence à Toyota, anunciou que os dados de emissões de poluentes dos seus veículos nos últimos 20 anos são falsificados.

Esses dados são relacionados às emissões de motores diesel e desempenho no consumo de combustível.

Foi realizada uma investigação na empresa por agentes externos, que comprovaram a fraude. Um relatório foi publicado pela montadora, com todos os detalhes das fraudes.

A montadora já havia anunciado, no início desse ano, que quatro motores e oito modelos de caminhões e ônibus testados e produzidos desde 2016 já apresentavam irregularidades.

O relatório apresentado ontem mostra que algumas das fraudes são de outubro de 2003, quando novos requisitos para emissões de poluentes entraram em vigor no Japão.

A montadora diz que entre 47 mil e 67 mil caminhões e ônibus deverão passar por um recall, resultando em um prejuízo superior aos US$ 650 milhões para a empresa.

Deixe um comentário!

Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta