Rússia proíbe entrada de caminhões europeus em seu território

A partir de 1º de outubro, caminhões europeus estarão completamente proibidos de acessarem o território russo. As entregas de mercadorias entre os países ainda vão acontecer, mas os caminhões europeus serão obrigados a descarregarem em centros de transbordo nas fronteiras.

Essa é uma resposta da Rússia às sanções impostas pela União Europeia, em decorrência do ataque russo ao território ucraniano, que começou em fevereiro. Por conta dessas sanções, milhares de transportadores russos não podem trafegar na União Europeia.

Com a proibição do tráfego de caminhões europeus na Rússia, esses caminhoneiros poderão fazer as entregas dentro do país, aumentando a renda e reduzindo os custos russos.

O problema maior é a possibilidade de danos às mercadorias, pela maior necessidade de movimentação e troca de caminhões, além do aumento dos trâmites alfandegários. Os custos logísticos, com essas mudanças, podem subir até 50%.

Os principais fretes entre Rússia e Europa são de combustíveis, máquinas, alimentos e leite.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal