Caminhão Scania sem motorista vai realizar operação regular de transporte na Suécia

A Scania e a empresa de tecnologia Havi Supply Chain vão ampliar os testes com um caminhão autônomo em uma rota de 300 quilômetros entre as cidades de Södertälje e Jönköping, na Suécia.

A viagem de três horas vai começar com um caminhoneiro conduzindo o veículo dentro da cidade, no ponto de tráfego mais pesado, e nas rodovias, o sistema autônomo assume o controle. Próximo da chegada, o caminhoneiro assume o volante novamente, até a chegada ao centro de distribuição.

O projeto deve servir para a Scania e a Havi avaliarem a atuação de caminhões autônomos em operações reais de entregas de longas distâncias.

“Sabemos que o sistema de transporte mudará nos próximos anos e que a indústria enfrenta desafios de escassez de motoristas e margens de lucro decrescentes, portanto, o processo de transformação em direção à tecnologia autônoma precisa começar a acontecer imediatamente. Precisamos aprender sobre operações autônomas agora para estarmos prontos assim que a tecnologia estiver pronta. Acreditamos que este projeto piloto será um trampolim extremamente importante”, disse Robert Melin Mori, gerente de projeto da Scania responsável por esta iniciativa.

“Esta é uma solução de transporte autônomo sendo utilizada em condições reais de operação com mercadorias comerciais para terceiros. Ninguém fez isso antes na Europa. Estamos muito satisfeitos por trabalhar com a Havi neste projeto”, acrescenta Peter Hafmar, chefe de soluções autônomas da Scania.

A Havi fornece todo o sistema de câmeras, sensores e radares que são instalados nos caminhões Scania. Por exigência legal, um motorista fica o tempo todo dentro da cabine, para agir caso algo fora do planejado ocorra. Porém, na grande maioria das situações do trânsito, o sistema autônomo consegue operar.

“Construímos um forte entendimento por meio das iniciativas que já realizamos juntos e estamos muito felizes por estar em parceria neste novo projeto, que acreditamos ser uma enorme promessa para nosso relacionamento futuro e para o futuro da cadeia de suprimentos como um todo”, diz Massimo D’Alessandro, Diretor de Sustentabilidade e Inovação da Havi.

Deixe um comentário!

Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas