Caminhoneiros tem novo prazo para solicitarem as seis parcelas do auxílio de R$ 1.000

O Governo Federal deu um novo prazo para caminhoneiros autônomos de todo o Brasil solicitarem o Benefício Emergencial TAC, que vai pagar seis parcelas de R$ 1.000 cada uma até dezembro. Cerca de 900 mil caminhoneiros podem receber o benefício, mas até o momento pouco mais de 360 mil receberam as primeiras parcelas.

Por isso, o Ministério do Trabalho e Previdência anunciou que o prazo para a realização da solicitação vai até 10 de outubro, que deverá ser a data final para a regularização para quem não recebeu o auxílio.

Para receberem o auxílio, os caminhoneiros precisarão preencher a Autodeclaração do Termo de Registro do TAC. esse documento é exigido para os profissionais que não tiveram registros de atividades ou operações de transporte em 2022.

Além disso, o caminhoneiro autônomo deverá ter registro RNTRC na ANTT como TAC, além de estarem com a CNH em dia e também com o CPF válido.

No dia 24 de setembro, o Governo pagou a terceira parcela do benefício para o primeiro, segundo e terceiro lotes de caminhoneiros, totalizando 360.712 benefícios pagos, com R$ 1,03 bilhão em recursos liberados.

O próximo pagamento está previsto para 22 de outubro, e a quinta e sexta parcelas vão ser pagos nos dias 26 de novembro e 17 de dezembro, respectivamente.

3 comentários

ROSEANE DOS SANTOS DANTAS 06/10/2022 - 22:31

Meu esposo é camjnhoneiro a mais de 10 anos e possue a antt desde de 2010. Estar tudo nos conformes porem ate hojw ele nao recebeu o auxilio. Agora pergunto porque? Porque tantos trabalhadores precisa passar por uma humilhacao dessa se é direito deles.

Reply
Paulo César 04/10/2022 - 16:16

Acredito que não!!! Afinal o auxílio é para o caminhoneiro e não para o proprietário do caminhão, visto que se o proprietário tem um veículo é porque não depende apenas dele para sobrevivência pessoal.
Temos que ter coerência e respeito com os reais caminhoneiros.

Reply
Rui Ferreira dos Reis 03/10/2022 - 19:08

Tenho um caminhão e na minha CNH não é de motorista profissional e nem a categoria da CNH não é compatível tenho um motorista que dirige pra mim mas tenho ANTT e está tudo ativo então pergunto. Tenho o direito de receber o auxílio caminhoneiro?

Reply

Deixe um comentário!

Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar