Unidas será a primeira empresa a operar o Iveco Hi-Way a gás

A Iveco realizou a entrega de 17 caminhões Iveco Hi-Way NG 6X2 600S46T movidos a gás, para a Unidas, uma das maiores empresas de locação de frotas do país. O lote total é composto por 20 unidades, e as restantes serão entregues em breve.

Recentemente, a Unidas unificou suas operações com a Ouro Verde, que levou para a marca todo o seu time e expertise em locação e terceirização de veículos, caminhões, máquinas e equipamentos pesados.

Esses caminhões, equipados com motores FPT Cursor 13 de 460 cavalos de potência, que podem funcionar com gás natural ou biometano.

A entrega dos veículos aconteceu na planta da montadora, em Sete Lagoas (MG), e contou com a participação de executivos das duas marcas.

O Iveco Hi-Way é parte do programa Brasil Natural Power, demandou 70 mil horas de desenvolvimento, resultando em um produto com autonomia de até 500 quilômetros.

“É muito satisfatório ver na prática o resultado de um produto que foi desenvolvido com foco nas peculiaridades do transporte no Brasil. O Hi-Way NG é um marco para Iveco no segmento dos veículos movidos a combustíveis alternativos no país”, declara Marcio Querichelli, presidente da Iveco na América Latina.

Durante o período de testes em grandes transportadores parceiros da Unidas, os caminhões serão monitorados pela Iveco para garantir a satisfação total dos clientes com a performance dos veículos em diferentes operações do transporte de cargas.

“Para nós, a jornada ESG não é apenas uma meta, mas um compromisso que assumimos com toda a sociedade. Por meio de iniciativas como essa parceria com a Iveco, nosso grande objetivo é gerar valor para toda cadeia e transformar o segmento da mobilidade. Acreditamos que, atuando juntos para avançarmos na evolução e modernização das frotas, estamos trabalhando como protagonistas em um modelo sustentável de longo prazo”, afirma Cláudio Zattar, CEO da Unidas.

O Hi-Way NG 6X2 600S46T é o primeiro veículo do programa Brasil Natural Power e abre o caminho para a expansão na gama de produtos da Iveco, movidos com combustíveis alternativos, no país. Lançada em setembro deste ano, a iniciativa recebeu um aporte de R$60 milhões.

“Apostamos no gás, natural ou biometano, como a melhor alternativa, em curto prazo, para a redução de poluentes com um custo total de operação (TCO) factível com a realidade brasileira, principalmente no segmento rodoviário. O gás é uma base importante e já consolidada, mas, em um futuro próximo, a diversificação de propulsões alternativas será muito explorada também pelo Brasil Natural Power, programa que tem a missão de desenvolver um ecossistema estruturado e produzir veículos comerciais – cargas e passageiros – movidos a combustíveis alternativos”, diz Ricardo Barion, diretor comercial da Iveco.

Deixe um comentário!

Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar