Em apenas três anos, Dunlop chega à marca de 1 milhão de pneus pesados produzidos no Brasil

A Dunlop iniciou a fabricação de pneus para veículos pesados, como caminhões e ônibus, em 2019. Com um processo inovador de produção sem emendas na carcaça e na banda de rodagem, a empresa segue em crescimento acelerado, e já atingiu a marca de 1 milhão de unidades produzidas.

A marca foi atingida em outubro, poucos meses após a celebração da produção de 40 milhões de pneus para veículos leves, que aconteceu em junho. A empresa opera no Brasil desde 2011, e detém as marcas Dunlop, Falken e Sumitomo.

Na linha de pneus pesados, a Dunlop oferece uma linha completa de modelos para todos os eixos, garantindo alta aderência, baixa resistência ao rolamento e grande capacidade de recapagem.

A produção de pneus, especialmente de modelos de carga, tende a crescer significativamente. Além de se tornar modelo padrão para diversas montadoras, como Iveco, Volkswagen e Marcopolo, a Dunlop está investindo R$ 1,06 bilhão para ampliação da produção de pneus, o que deve garantir a fabricação de 2.200 unidades diariamente até 2025.

“O ano de 2022 tem sido muito especial para nós da Dunlop. Depois de superar os 40 milhões de pneus para veículos leves produzidos, agora chegamos a 1 milhão de pneus para veículos pesados. Estes números comprovam que o trabalho realizado até aqui tem gerado bons frutos e isso só é possível com planejamento e determinação”, diz Luiz Gustavo Leite Cipullo, Gerente de Planejamento e Controle de Produção.

Taiyo (Sun) System

Como citado anteriormente nesse texto, a Sumitomo Rubber no Brasil usa uma tecnologia própria para produção dos pneus. Desenvolvida no Japão, a tecnologia TAIYO (Sun) System permite a produção de pneus em qualquer medida sem emendas nas partes de borracha.

Essa tecnologia garante que os pneus sejam mais redondos e mais balanceados do que os pneus produzidos com a tecnologia convencional, que precisa de uma emenda na borracha da carcaça e da banda de rodagem.

A tecnologia importada no Japão foi desenvolvida com alta precisão e contempla importantes diferenciais que superam o método de fabricação convencional de pneus.

Deixe um comentário!

Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas