STF dá 48 horas para PRF enviar informações de veículos usados nas manifestações

O Ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal deu 48 horas para a Polícia Rodoviária Federal prestar informações sobre os caminhões, automóveis e outros veículos que foram usados por manifestantes nos bloqueios de rodovias na última semana.

Além da PRF, a Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Federal deverão enviar informações, referentes às rodovias estaduais.

A decisão veio após a determinação de liberação completa das rodovias. Desde o último dia 30 de outubro são registrados protestos em diversos pontos do país, feitos por manifestantes contrários à eleição de Lula.

“Determino às polícias civis e militares dos estados e Distrito Federal, bem como à Polícia Federal e à Polícia Rodoviária Federal, o envio de e sobre a identificação dos caminhões e veículos que participaram ativamente dos bloqueios e nas manifestações em frente aos quartéis das Forças Armadas, assim como os dados dos respectivos proprietários, pessoas físicas ou jurídicas. Determino, ainda, que informem se identificaram líderes, organizadores e/ou financiadores dos referidos atos antidemocráticos, com a remessa dos dados e providências realizadas”, diz o texto da determinação do Ministro Alexandre de Moraes.

A Polícia Rodoviária Federal confirmou que ainda existem interdições parciais em dez pontos do país, e cinco bloqueios, sendo quatro no Mato Grosso e um no Paraná.

Desde o início dos protestos, a PRF já liberou 1.070 pontos de bloqueio em rodovias federais.

Deixe um comentário!

Na década de 1980, caminhão elétrico já era realidade no Brasil Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA