Parlamento Europeu aprova volta dos caminhões bicudos

por Blog do Caminhoneiro

Caminhões bicudos, mas não tão bicudos como antigamente, poderão voltar às estradas da Europa a partir de setembro de 2020. A proposta foi aprovada no dia 12 de fevereiro, em uma rápida votação que alterou a lei que regulamentava o comprimento máximo dos veículos pesados na Europa.

O principal ponto da mudança é a redução das emissões de poluentes. Caminhões bicudos produzem menos arrasto aerodinâmico, e emitem menos CO2. A lei também prevê que com a mudança, os caminhões passem a ser mais seguros para os motoristas, apresentando zonas de deformação programada. Essa tecnologia já usada em muitos carros, e programa a estrutura do veículo para receber uma colisão de forma mais segura, sem penetração na área dos passageiros.

Violeta Bulc, Comissária Europeia dos Transportes, agradeceu os parlamentares europeus pela rápida decisão do caso. “O acordo alcançado pelo Parlamento Europeu, o Conselho e a Comissão Europeia num prazo muito curto mostra a importância dessa mudança na legislação. Com a alteração, reduziremos o tempo para início do desenvolvimento das novas cabines, mais aerodinâmicas, mais seguras e mais confortáveis. Com essa mudança, serão salvas todos os anos centenas de vidas, e haverá mais de 10% de redução nas emissões”, completa a comissária.

As novas cabines poderão ser comercializadas já a partir de 1 de setembro de 2020, poderão ter um comprimento 90 cm maior.

COMENTAR

Artigos relacionados

2 comentários

DANIEL SILVESTRE SOCCOL 15/02/2019 - 18:16

A Volvo já possui cabines com área de deformação programada desde 1993. E quanto aos caminhões bicudos dúvido que voltem, a legislação europeia está mudando permitir o uso de composições de 60ton.

Silas 15/02/2019 - 10:41

Aqui no Brasil as fabfábri tem que voltar a fazer

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: